Rating: 3.3/5 (4697 votos)




ONLINE
12




Partilhe esta Página

  

 

 

 
 

+ SALESÓPOLIS
+ SALESÓPOLIS

Deputado André do Prado recebe agricultores do

Alto Tietê para tratar produção de madeira na região

A reunião foi acompanhada por representantes da

Suzano Celulose e políticos de Salesópolis

O deputado estadual André do Prado, PR, recebeu, na manhã de quarta-feira, 3, o diretor presidente da Cooperativa Agrícola Mista do Alto Tietê - Acamat, Hélio Ocanha Lorca, e o associado, Sebastião Augusto Melo, além do prefeito de Salesópolis, Benedito Rafael da Silva, PR, do vice-prefeito, Vanderlon Gomes de Oliveira e dos vereadores Paulo Roberto de Faria, PR e Edney Campos dos Santos, PR. Na pauta, foram tratadas medidas comerciais, que envolvem a produção de madeira na região do Alto Tietê que incide diretamente na economia de Salesópolis.

O deputado André intermediou uma reunião com representantes da Suzano Celulose, empresa que sempre exerceu importante participação comercial na compra da madeira local. Felipe Zumpano, do departamento de relações institucionais e Leandro de Siqueira, gerente de tecnologia da empresa, participaram da reunião e acolheram as propostas apresentadas pelos representantes da Acamat.

De acordo com os políticos salesopolenses, a economia do município é essencialmente agrícola e o eucalipto é o principal produto, resultando no maior gerador de emprego e renda da cidade e região. “Essa agenda promovida pelo deputado André do Prado foi muito importante para debatermos a respeito de medidas comerciais, que envolvem a produção de madeira na região do Alto Tietê. Nossa expectativa é que sejam revistos os preços da madeira anunciados pela indústria, com vistas ao aumento dos custos de produção e transporte”, alegaram o prefeito Rafael, o vice Vanderlon e os vereadores Edney e Paulinho.

André do Prado explica ainda que a atual política comercial estabelecida deixa os produtores de madeira em situação de vulnerabilidade econômica e espera que as preocupações apresentadas sejam levadas adiante pelos representantes da Suzano Celulose, que por sua vez se comprometeram em apresentar as demandas à diretoria da Empresa.

“Vamos acompanhar todas essas discussões que estão diretamente ligadas à economia do município de Salesópolis. O setor florestal representa mais de 80% da economia da cidade e por isso devemos estar dispostos a batalhar para assegurar a sua manutenção e o seu desenvolvimento”, disse Prado.


16 dias de ativismo e o feminismo do século 21

É engano pensar que o surgimento da internet, os avanços tecnológicos e dos processos de comunicação tenham esgotado as demandas feministas. Mesmo após décadas do episódio da queima dos sutiãs e em pleno século 21 com mulheres assumindo postos de comando em todo mundo, a luta pela igualdade de gênero continua necessária e atual.

Senão vejamos: levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) de 2013 revelou que entre 2001 e 2011 ocorreram, no Brasil, 50 mil femicídios, ou seja 5.664 mulheres morreram por causas violentas a cada ano ou uma a cada 1h30.

Outra pesquisa feita pelo Instituto Patrícia Galvão em parceria com o DataPopular de 2013 sobre Percepções da Sociedade sobre violência e assassinatos de mulheres revelou 56% dos entrevistados admitiram conhecer um homem que já agrediu a parceira; 85% concordam que ao denunciar seus agressores as mulheres aumentam as possibilidades de serem assassinadas e 43% tem convicção que o fim do relacionamento coloca em risco a vida das mulheres.

A violência física, psicológica ou sexual imposta a muitas mulheres reflete a cultura ainda machista e opressora que insiste em enxergar pessoas do sexo feminino como propriedade e objeto de prazer, exclusivamente.

Os 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher marca um período de mobilização pela conquista dos direitos das mulheres. A campanha teve início em 1991, por iniciativa do Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership – CWGL), com o objetivo de denunciar as várias formas de violência contra mulheres no mundo e promover o debate sobre o tema.

No Brasil, começa dia 20 de novembro – data que relembra a Morte de Zumbi dos Palmares e é dedicada à Consciência Negra. Não é coincidência que os 16 dias culminem com a celebração do Dia Internacional dos Direitos Humanos – em 10 de dezembro. Somente haverá plenitude dos direitos das pessoas quando alcançarmos a plenitude dos direitos das mulheres. Igualar não é buscar privilégios e nem perder a identidade de gênero, mas assumi-la sem medo de represálias, opressões, humilhações ou qualquer tipo de violência.

O mundo não está fácil para meninas, adolescentes e mulheres. Principalmente, para aquelas que não se submetem aos estereótipos impostos pelos costumes e pela mídia. Está mais que na hora de as mulheres se libertarem das amarras que ainda insistem em colocá-la em papel secundário na sociedade.

As mulheres querem ser tratadas como cidadãs independente de raça, opção sexual, profissão. Não são vítimas. Estão sim sujeitas a graves violações dos seus direitos e esta situação precisa ser enfrentada com coragem. As mulheres querem respeito. E acima de tudo querem viver.


POR UMA BOA CAUSA

Centenas de pessoas participam de tarde beneficente

A tarde de domingo, 23, foi marcada por uma causa nobre no Salão da Sociedade São Vicente de Paulo em Salesópolis.

Centenas de pessoas estiveram presentes para colaborarem com a ARES (Associação dos Recicladores de Salesópolis) que está arrecadando fundos para a aquisição de Cestas de Natal  e para a compra de equipamentos de proteção aos Associados que trabalham diariamente na coleta seletiva de Salesópolis.

A comunidade e autoridades de Salesópolis sensibilizados com os Associados da ARES fizeram suas doações e assim foi realizado uma tarde beneficente na Sociedade São Vicente de Paula.

Todos os participantes independentes se ganharam ou não algum prêmio ficaram felizes pelo prazer de estar colaborando para que a ARES continue a executar seus trabalhos na Coleta Seletiva de Salesópolis.

Os alunos da ETEC também participaram do evento visto que estão elaborando um Projeto para a melhoria do local de trabalho dos Associados da ARES.

A presidenta da ARES Janaina de Souza Silva estava feliz com a realização do evento, pois conseguiu almejar seu objetivo que era de arrecadar fundos para a aquisição das Cestas de Natal para todos os Associados.

Participaram com doações os vereadores Claudinei José de Oliveira, Paulo Roberto de Faria, Mario Barbosa Pinto, prefeito Benedito Rafael da Silva, vice-prefeito Vanderlon Oliveira Gomes e a vereadora Sandra Regina Assis.


De Salesópolis a Aparecida

Fé e Devoção a Nossa Senhora Aparecida

Romaria Passos da Fé completa 17 anos

Pioneiro na Caminhada Roberto Santos está há 17 anos na Romaria

A equipe com a Imagem Símbolo da Romaria Passos da Fé

Coordenadora Vera do Prado

Cozinheiro Ciro Alves Campos

Logística Sebastião Souza - "Todos unidos pela Fé"

A reportagem do Jornal do Povão esteve com os responsáveis pela Romaria Passos da Fé que há nove anos visitam a Basílica Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

Os primeiros romeiros a iniciarem essa caminhada foi o comerciante autônomo Roberto Santos que junto com mais dois companheiros iniciaram a caminhada em 1997.

Roberto nos contou que de 1998 em diante o número de pessoas que o procuravam para fazer parte da caminhada só aumentou.

“Naquela época não tínhamos local certo para dormir, era embaixo de viadutos ou ao relento mesmo, debaixo de chuva ou frio e hoje está tudo diferente mudamos para melhorar o atendimento aos romeiros para que todos possam ter suas horas de descanso”, disse Roberto.

Vera do Prado que também faz parte da equipe que organiza a Romaria e que está há 15 anos na estrada disse que todos estão unidos pela fé e que cada um tem sua participação durante o trajeto até Aparecida.

Nessa grande caminhada todos os organizadores têm suas funções a fim de dar maior tranquilidade e segurança aos mais de 230 devotos que estarão participando neste ano da caminhada.

Sebastião Souza é responsável pela segurança e também organiza a logística para que tudo ocorra bem sem nenhum imprevisto, já que a Polícia Militar Rodoviária é oficiada com antecedência e nos dá todo aparato necessário, disse Souza a nossa reportagem.

Lourdes José Pereira está na caminhada há 10 anos e como uma pessoa ligada a Igreja Católica em Salesópolis é a pessoa que sempre está à frente de todos durante as orações que são realizadas durante todo o trajeto e nas paradas para almoço e jantar.

Outro membro importante para que os devotos possam estar se alimentando bem e na hora certa é Ciro Alves Campos que há 7 anos está junto com os devotos na Romaria Passos da Fé.

Ciro é responsável pelo preparo do almoço e jantar dos mais de 230 devotos que neste ano estarão caminhando juntos até Aparecida sendo que alguns vem de outras cidades da nossa região e até mesmo de outros estados do Brasil.

Todo aparato montado para dar segurança aos Romeiros, começam a serem montados meses antes visto que há carros e caminhão de apoio com barracas e colchões, muito água e ao chegarem para almoçar ou jantar Ciro já preparou o melhor para todos.


SAÚDE PÚBLICA - 14-11-2014

Moradores de Salesópolis assustados com qualidade da água

Qualidade da água encontrada pelos moradores de Salesópolis desde a manhã de sexta-feira, 14

Os moradores de Salesópolis estão assustados com a qualidade da água que está sendo fornecida pela Sabesp desde a noite de quinta-feira, 13.

Vários moradores enviaram a nossa redação fotos tiradas no momento em que estavam abrindo as torneiras e o que pudemos ver é uma água escura e com tom de ferrugem.

O Diretor do Sindicato dos Funcionários Públicos de Salesópolis Jairo Salgado durante entrevista a nossa reportagem disse que “para o Sindicado é complicado, pois quem tem caixa d’água irá gastar até três vezes mais para poder limpa-la, sem contar que ninguém pode utilizar a água para cozinhar alimentos ou até mesmo tomar banho”.

“A Sabesp está cometendo dois crimes, um contra a saúde pública que foi denunciada para o prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, e também para os vereadores, e outro contra a ordem econômica”.

“Hoje ninguém sabe a qualidade da água que estamos recendo em nossas residências”, disse Jairo Salgado, que também disse ser “uma irresponsabilidade uma Estância Turística que produz água não temos uma qualidade adequada para consumo”.

“Dependendo do que a Prefeitura e Câmara não fizer iremos preparar um documento e encaminhar ao Ministério Público para defender os Associados e a população de Salsópolis”, concluiu Jairo Salgado revoltado com a atual situação em que encontra os moradores em relação ao fornecimento de água pela Sabesp.

A reportagem do Jornal do Povão entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da Sabesp e até o presente momento não recebemos nenhum esclarecimento da empresa sobre o que ocorreu com a qualidade da água em Salesópolis.


I Jornada de Matemática - 11-11-2014

Os alunos da Rede Municipal de Ensino que participaram da I Jornada de Matemática de Salesópolis receberam suas premiações no último dia 7.

A I Jornada de Matemática reuniu alunos das Escolas Municipais de Salesópolis que formaram suas equipes para participarem desse evento de grande importância para o desenvolvimento da criança.

Confira a classificação final da I Jornada de Matemática

1º Lugar a Equipe "Amarela" com 278 pontos

Professor  Anderson da EMEF Mestra Henriqueta; alunos: Raiane, Maria, Wesley, Ana Beatriz e Luana.

2º Lugar a Equipe "As Estudiosas" com 269 pontos

Profª Marisa da EMEF Profª Maria de Lourdes Gonçalves de Toledo; alunas: Laysa, Livia, Athaiele, Sthefany e Roberta.

3º Lugar a Equipe "Wins" com 265 pontos

Profª Michel da EMEF Ernesto Ardachnikoff; alunos: Ana Júlia, karina, Jamily, Júlia, Giovana e Erick.

4º Lugar a Equipe " Ninjas da Matemática" com 252 pontos

Profª Thiara da EMEF Sonia Maria da Fonseca; alunas: Daniela, Jamily, Nicolas do Prado, Ana Laura, Gabriel Cazuo e Tatiany.

5º Lugar a Equipe "Constelação" com 210 pontos

Profª Antonia da EMEF Antonio Alves Alvarenga; alunos: Judite, Leonardo, Ana Júlia, Suelem e Alciane Aparecida.


Pedido do vereador Mário é atendido

Durante duas Sessões da Câmara Municipal de Salesópolis o vereador Mário Barbosa Pinto, SD, encaminhou uma indicação ao Prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, para que os feirantes utilizassem sacos de lixo e não deixasse nada espalhado pelas ruas.

Ao término da feira ocorrida nesta quinta-feira, 6, a equipe do Jornal do Povão flagrou nas principais ruas onde tem maior concentração de feirantes que havia pouco lixo espalhado e que a maioria colocaram o lixo em sacos para assim facilitar a coleta pelos funcionários da prefeitura.


Apoio à cultura - 13-11-2014

 

A Advogada e Vereadora Sandra Assis, apoia todos os eventos culturais de Salesópolis no âmbito Jurídico ou participando junto com a Sociedade Salesopolense.

Sandra admira a coragem e determinação de nosso povo que busca no dia a dia entretenimento para todas as faixas etárias de Salesópolis e ressalta a importância de “abraçar” causas nobres que são revertidas para a população.

 

 


Finados - 31-10-2014

Últimos preparativos no Cemitério Municipal

Neste dia de finados são esperados cerca de 5 mil pessoas no Cemitério Municipal de Salesópolis e na tarde de sexta-feira, 31, os últimos preparativos estavam sendo realizados nas sepulturas.

Fátima que cuida dos jazigos disse a nossa reportagem que durante todo o ano cerca de 700 sepulturas são limpas por ela e que somente na véspera do finados tem cerca de 350 para realizar limpeza e pintura.

Neste ano a Igreja que fica no interior do Cemitério recebeu uma nova pintura e uma limpeza em seu interior e a sepultura dos Padres foi toda reformada e pintada.

Como já é tradição todos os anos o jazigo mais visitado é de  José Alexandrino e a sepultura dos Padres.

As homenagens ao dia de Finados começam domingo às 8:00 com a celebração de missa no Cemitério Municipal.

Excepcionalmente domingo dia 2 de novembro o Cemitério Municipal ficará aberto até as 18:00 para que todos possam visitar os jazigos de seus entes queridos.


ENTREVISTA

Diretor da Santa Casa fala ao Jornal do Povão - 13-10-2014

Marcos Cáfaro,  Diretor da Santa Casa de Misericórdia de Salesópolis “Frederico Ozanan” disse a nossa reportagem que juntamente com o interventor Rodrigo Silva, “abraçamos a causa para ajudar a Santa Casa, ficamos felizes com a aceitação do povo e o carinho que recebemos de nossa proposta para inserir a Sociedade na situação que se encontra a nossa Santa Casa”.

“Queremos que a população em conjunto com a Santa Casa possa amenizar os efeitos dos problemas financeiros e aos poucos vamos transformando o que hoje é uma situação critica em uma situação prazerosa para a população de Salesópolis”, concluiu Marcos Cáfaro.


Festa de Nossa Senhora Aparecida em Salesópolis - 13-10-2014

Voluntários que colaboraram com a Santa Casa de Salesópolis


Velha reclamação - 10-10-2014

Moradores querem melhoria em via sem saída

 

Os moradores da Rua João Batista de Melo Franco Júnior, localizada no Bairro do Fartura, nas proximidades da Sabesp, estão há pelo menos dez anos solicitando as autoridades de Salesópolis providências para que façam um trabalho em definitivo naquela via.

Os moradores irão pedir nos próximos dias uma reunião com o vice-prefeito de Salesópolis Vanderlon Oliveira Gomes, para que ele formalize com todos um compromisso para que a rua receba melhorias, pois aqueles moradores se sentem excluídos os programas de pavimentação de Salesópolis.

O vereador Mario Barbosa Pinto, SD, foi procurado pela reportagem do Jornal do Povão, visto que é morador do Bairro do Fartura e há anos vem realizando um trabalho para que todos aqueles moradores não fiquem abandonados pelos governantes.

O vereador Mario disse a nossa reportagem que entrará com pedido ao prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, para que ele providencie melhorias para aqueles moradores visto que já se passaram três mandatos de prefeito e aquela via continua sem infraestrutura

Inclusive tem uma moradora, uma senhora idosa que necessita de tratamento médico todas as semanas e nenhum taxista consegue descer com o veículo devido a precariedade da rua e com isso a mesma precisa ser levada no colo de seu neto.


Investimentos 02-10-2014

Prefeito Rafael apresenta nova frota da prefeitura de Salesópolis

O prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, juntamente com o vice Vanderlon Oliveira Gomes, Administrador do Distrito Nossa Senhora dos Remédios Paulo César Monteiro e vereadores, apresentou na Praça da Matriz os novos veículos adquiridos por sua administração.

Feliz com o que de melhor pode trazer para melhorar a qualidade de vida e acima de tudo a infraestrutura de Salesópolis Rafael disse que ainda este ano será investido ainda mais na melhoria e troca da frota da prefeitura que estava toda sucateada.


Semana do Idoso em Salesópolis 03-10-2014

Secretário Marcos Marcelino concede entrevista ao JP

O Secretário de Assistência Social Marcos Marcelino de Campos, acredita que foi uma semana muito proveitosa onde os idosos tiveram acesso as informações importantes relacionados à saúde, convívio e assuntos do dia a dia, e que não tiveram a oportunidade de questionar ou serem informados sobre os assuntos”.

Sobre as Palestras realizadas Marcos Marcelino disse que é especialista em Gerontologia e ele mesmo elaborou todas as palestras e assuntos que seriam abordados.

“Todos os palestrantes atingiram seus objetivos sem tabus e com bastante animação e com isso foi muito satisfatório”.

Em sua mensagem pediu para todos os idosos venham participar das atividades desenvolvidas pela Secretaria de Assistência Social com aulas de dança, artesanato, vôlei adaptado e que venham fazer parte deste grupo e de competições e dos aniversariantes do mês no CCI. 

Presidente do Conselho Municipal do Idoso Ademir 

O Presidente do Conselho Municipal do Idoso Ademir Antônio da Silva, falou a nossa reportagem da importância das palestras e atividades que foram realizadas.

“Durante as atividades realizadas notamos que houve uma boa presença de público e que as palestras foram de grande valia para todos”.

“Gostamos também do teste de diabetes e a prevenção aferindo a pressão de todos os presentes”.

“Foi muito bom esta semana e esperamos que nos próximos eventos tenhamos um público maior, visto que temos um número muito grande de idosos em Salesópolis”, concluiu.


Comemorado o Dia do Idoso 01-10-2014

O Dia Nacional do Idoso foi estabelecido em 1999 pela Comissão de Educação do Senado Federal e serve para refletir a respeito da situação do idoso no país, seus direitos e dificuldades.

A população no mundo está ficando cada vez mais velha e, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), por volta de 2025, pela primeira vez na história, haverá mais idosos do que crianças no planeta.

A equipe do Jornal do Povão deseja a todos os Idosos muita saúde, paz e felicidade neste dia especialmente dedicado a você.

Parabéns!!!

Até sexta-feira, 3, está acontecendo no Mercado Municipal de Salesópolis a I Semana do Idoso, com palestras de profissionais voltados para a área da saúde, sempre a partir das 14:00.

Terça-feira, a Professora Josiane Zuffo, Enferemeira Docente nas Áreas de Saúde e Biológicas falou aos presentes sobre a Saúde do Idoso e Envelhecimento. 


Salesópolis

Primeira Mostra Educacional

A Prefeitura da Estância Turística de Salesópolis, através do empenho do prefeito Benedito Rafael da Silva, PR e do vice-prefeito Vanderlon Oliveira Gomes, realizaram na sexta-feira, 26, em parceria com a Secretaria de Educação a Primeira Mostra Educacional de Salesópolis.

CLIQUE AQUI E VEJA MATÉRIA COMPLETA

 

 


Acusado de mandar mãe tirar filho da escola

Vice-prefeito Vanderlon fala ao Jornal do Povão

O vice-prefeito Vanderlon Oliveira Gomes, em entrevista a reportagem do Jornal do Povão, falou sobre a reportagem veiculada pela TV Diário de Mogi das Cruzes em que ele é acusado por uma mãe de aluno de mandar a mesma retirar seu filho da escola por falta de transporte.

“Em momento algum falei para que essa mãe retirasse seu filho da unidade escolar é uma total mentira que foi passada a população”

Vanderlon disse ainda que estão fazendo difamação e calúnia contra sua pessoa e que irá procurar o MP para que providências sejam tomadas.


Problemas

Vereador Mário pede mais atenção aos recicladores de Salesópolis

Vereador Mário da Padaria, buscando solução para melhorar a ARES

BURACOS: Cobertura está toda danificada sem condições de poder armazenar nada

Presidenta do ARES Janaina de Souza Silva

O vereador Mário Barbosa Pinto, SD, durante entrevista ao Jornal do Povão falou dos problemas enfrentados pelos ARES Associação dos Recicladores de Salesópolis.

“Hoje a prefeitura de Salesópolis gasta por ano cerca de R$ 8 milhões de reais para transportar o lixo de Salesópolis até Biritiba Mirim depois até a cidade de Tremembé no Vale do Paraíba, enquanto se arrecadam apenas R$ 220 mil em impostos”.

“É um déficit muito grande, por esse motivo há falta de medicamentos e outros atendimentos de emergência que nossa população necessita”.

O vereador Mário da Padaria disse a nossa reportagem que seria de grande importância que a prefeitura investisse mais na coleta seletiva em nossa cidade, apoiando o ARES em todas suas realizações e projetos.

Atualmente falta mais investimento no local  onde abriga as reciclagens visto que o galpão que está sendo utilizado já se encontra pequeno e um outro espaço foi provisoriamente coberto com plástico que está todo furado e danificado pelo sol.

Assim o vereador Mário que sempre está ao lado da ARES buscando apoio junto ao prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, quer agora que seja tomada uma providência não para a troca da cobertura de plástico mas sim de uma solução definitiva para que todos os cooperados possam trabalhar com dignidade sem correr risco de tomar muito sol ou chuva pela precariedade que se encontra atualmente o local.

A reportagem do Jornal do Povão pode apurar que o local onde está localizado o ARES é distante da cidade e as pessoas que ali trabalham precisam de comunicação seja com setores da prefeitura ou até mesmo para alguma emergência, mas infelizmente falta uma linha telefônica no local e a Presidenta do Ares disse que estão “isoladas” sem telefone fixo e internet.

Outra reivindicação do vereador Mário da Padaria para que haja maior coleta de materiais de reciclagem seria a aquisição de mais um caminhão para a ARES que seria de grande valia para todos.

O ARES conta hoje com vinte associados que trabalham diariamente na coleta seletiva de Salesópolis sob a coordenação da Presidenta Janaina de Souza Silva.

A reportagem do Jornal do Povão tentou entrar em contato com prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, para que falasse sobre as medidas que poderiam ser tomadas para melhorar o ambiente de trabalho da ARES mas infelizmente não conseguimos falar com ele.


Mães pedem atenção do poder público as seus filhos especiais

O deputado estadual André do Prado, PR, esteve na manhã de quinta-feira, 4, em Salesópolis, no Bairro do Totózinho Cardoso para uma reunião com o prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, vice-prefeito Vanderlon Oliveira Gomes e o vereador Ednei Campos dos Santos e pais de crianças especiais.

Na oportunidade foram tratados assuntos referentes a uma instalação adequada para abrigar as crianças, a necessidade de médicos para atendimento específico a todos os especiais.

O prefeito Rafael se comprometeu a ceder a sala onde funcionava o CEP para que as crianças possam estar naquele local e o deputado André durante sua fala disse que irá entrar com uma Emenda Parlamentar ainda neste ano para que o dinheiro seja usado na compra de equipamentos para adequar o local.

O prefeito Rafael disse que mesmo com as dificuldades que vem enfrentando nestes 20 meses de governo tem feito o melhor que pode para adequar todos os setores da prefeitura e que a partir deste momento com as contas sendo pagas terá a oportunidade de mostrar seu trabalho e assim melhorar a qualidade de vida do povo de Salesópolis, iniciando pela Saúde.


Prefeito Rafael presente na liberação da passagem do aterrado

Após ficar desde o início do mês de maio fechada para o tráfego de veículos, finalmente o Aterrado foi liberado para o trânsito de veículos sexta-feira, 22.

O prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, o vice-prefeito Vanderlon Oliveira Gomes, os vereadores Sérgio dos Santos, PMDB e Paulo Roberto de Faria, PR, juntamente com funcionários da prefeitura estiveram no local para presenciar esse momento de grande importância para os moradores daquele Bairro, de Salesópolis e aos turistas que nos visitam principalmente nos finais de semana.

O prefeito Rafael durante entrevista ao Jornal do Povão disse que mesmo após o início das obras para a melhoria do aterro os moradores não serão prejudicados, pois será construído um desvio para o tráfego normal dos veículos.


Formatura dos Alunos do Curso de Manutenção

Aconteceu na manhã de sexta-feira, 8, no Fundo Social de Solidariedade de Salesópolis, com a presença do Prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, Presidenta do Fundo Social Paula Tenório, do Professor Carlos Alberto e de representantes da ETEC de Jacareí a Diplomação dos alunos do Curso de Manutenção Básica do programa via Rápida.

O prefeito Rafael ressaltou em suas palavras a força de vontade das mulheres de Salesópolis que participaram e se formaram na manhã de sexta-feira, 8, desejando a todos que progridam e alcance seus objetivos, colocando-se a disposição dos formandos para poder ajuda-los.

Formaram-se vinte e seis alunos sendo vinte e quatro mulheres, um exemplo da força feminina de Salesópolis que está preocupada não somente em tomar conta de suas casas, mas de ter uma profissão e um diploma em mãos.


Falta de chuva

Prefeito Rafael solicita economia de água nos prédios públicos

Com a estiagem se agravando a cada dia em nossa região e com a perspecitva de chuva apenas para outubro ou início de novembro, o prefeito de Salesópolis Benedito Rafael da Silva, PR, enviou uma circular a todos os Secretários e Diretores da para que estimulem o racionamento de água em todas as repartições públicas.

Uma vez não disperdiçando água principalmente nas unidades escolares onde o consumuno é maior, a prefeitura também estará gastando menos, pois com o incentivo da Sabesp que concederá descontos o prefeito Rafael pretende também diminuir os gastos com a Cia.


Prefeito Rafael irá reabrir o Mercado Municipal

Mercado Municipal de Salesópolis

Uma ótima notícia a meio tantos problemas enfrentados pela administração do prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, é a reabertura do Mercado Municipal.

Durante entrevista a nossa reportagem o prefeito Rafael disse que tornará realidade a reabertura do Mercado Municipal de Salesópolis em parceria com a Associação Comercial e Contur.

O local será dividido em box com todos os tipos de empreendimentos como bar, lojas, artesanatos e um restaurante com preço acessível a todos.

"Agora sim teremos mais um atrativo turístico para nossa cidade onde as pessoas poderão parar para descansar e ainda realizarem compras", concluiu o prefeito Rafael feliz com mais essa conquista para Salesópolis.

O Mercado Municipal fica localizado na Rua XV de Novembro, 760, no centro de Salesópolis.


Continua falta de medicamentos no

Centro de Saúde de Salesópolis

A equipe do Jornal do Povão pode constatar na tarde de segunda-feira, 28, que ainda está faltando medicamentos de uso contínuo no Centro de Saúde de Salesópolis, e assim prejudicando o tratamento das pessoas mais carentes que não tem condições de comprar nas farmácias do município.

O que mais chamou a atenção de nossa reportagem foi que as funcionárias que trabalham na Farmácia do Centro de Saúde está há meses utilizando fita do tipo “durex” para fixar os medicamentos que não vem em caixas, ao invés de fita adesiva “crepe” que facilita para marcar como os pacientes devem se medicar.

O que a população mais carente que necessita dos Órgãos Públicos principalmente do Centro de Saúde é que a Secretaria Karyn Cristina de Miranda Fonseca Camargo tome providências para não mais faltar medicamentos e dê mais atenção ao povo de nossa cidade.

A prefeitura pode estar passando por momentos de dificuldades financeiras, mas a Secretária de Saúde que ocupa um dos principais cargos de nossa cidade não pode ficar assistindo apenas os acontecimentos sem tomar providências, pois o prefeito contrata Secretários para solucionar os problemas não para aumentá-los.


Falta de chuvas

Estiagem deve prosseguir até novembro

SECANDO: Barragem do Rio Paraitinga está com nível cada dia mais abaixo do normal

SEM CHUVA Gráfico da Somar Meteorologia mostra que chuvas ainda irão demorar

A pior seca dos últimos 84 anos que atinge não somente nossa região, mas o estado de São Paulo todo deve prosseguir pelo menos até o mês de novembro, conforme dados da Somar Meteorologia.

As frentes frias que se formam ao longo da região Sul não conseguem chegar com intensidade à região sudeste devido ao bloqueio atmosférico da massa de ar quente que está predominando.

Segundo as previsões de longo prazo da Somar Meteorologia apenas a partir da segunda quinzena de novembro as chuvas devem ser com maior frequência em nossa região, mas mesmo assim ainda com volume abaixo do esperado.

Enquanto as chuvas não chegam resta a população economizar água, pois mesmo Salesópolis sendo uma região privilegiada por ter barragens que além de abastecer nosso município ainda é responsável pelo abastecimento da população de Biritiba Mirim, parte de Mogi das Cruzes e ainda a região Leste da Grande São Paulo, é mais do que necessário que todos se conscientizem e não desperdicem água, lavando calçadas e seus veículos nas ruas.


Estrada da Usina

Secretária visita Salesópolis e inaugura “Nova Estrada da Usina”

A Secretária de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Mônika Bergamaschi esteve na Estância Turística de Salesópolis na tarde de quarta-feira, 30, na Prefeitura Municipal onde oficialmente inaugurou a reforma realizada pela Codasp dentro do Programa Melhor Caminho a Estrada da Usina.

Muito simpática com os presentes a Secretária Mônika agradeceu a presença de todos e disse que estava muito feliz em poder estar novamente em Salesópolis para a entrega de mais uma obra realizada através de sua Secretaria.

A primeira vez em que esteve na cidade foi para a entrega da Estrada da Roseira que liga Salesópolis a Paraibuna que também foi toda recuperada.

Desta vez a Secretária Mônika além de conhecer como ficou todo o trabalho realizado na estrada da Usina também pôde apreciar um pouco de nossa Cultura visitando o Mercado Municipal acompanhada do vice-prefeito Vanderlon Oliveira Gomes.


Arraiá no Mercado Municipal de Salesópolis

Aconteceu na noite de sábado, 26 de agosto, o Arraiá no Mercado Municipal com muita música, barracas com comidas típicas além da tradicional quadrilha que animou a todos os presentes.

Rafael Henrique e sua Banda mais uma vez abrilhantaram as festividades em Salesópolis.

NO ARRAIÁ DO MERCADÃO

O vice prefeito Vanderlon Oliveira Gomes, o Secretário Rodolfo Marcondes e o

Empresário Benedito Roberto de Souza "Gato".


Falta de chuvas

Prefeito Rafael pede a população que economize água

Prefeito de Salesópolis Benedito Rafael da Silva, PR

Barragem da Usina onde é captada água para o abastecimento de Salesópolis

O prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, durante entrevista ao Jornal do Povão falou sobre as Barragens do Rio Paraitinga e Ponte Nova em Salesópolis que abastecem Biritiba Mirim, Mogi das Cruzes e com a interligação abastece a região Leste da Grande São Paulo.

O nível mesmo abaixo do normal em ambas as barragens ainda assim está garantida mais seis meses de abastecimentos para essas regiões e ocorrendo a volta das chuvas previstas para o mês de outubro, tudo deve voltar à normalidade.

Mesmo a Sabesp não utilizando água dessas Barragens para o abastecimento de Salesópolis, é necessário que a população se conscientize e não venha a desperdiçar água neste período em que há a escassez de chuva.

Muitas pessoas desperdiçam água lavando as calçadas em frente suas casas, quintais e neste momento crítico precisamos ser cidadãos e não deixar a água que é um bem precioso seja jogado “ralo” abaixo.


Mais segurança

Vereador pede lombada em estrada

Vereador Sérgio dos Santos e morador da Estrada da Usina

Alguns motoristas abusam da velocidade

O vereador Sérgio dos Santos, PMDB, esteve visitando a estrada da Usina na manhã de segunda-feira, 21, e ouvindo moradores soube dos “abusos” cometidos por alguns motoristas que andam em alta velocidade pelo local colocando em risco os pedestres que utilizam a via.

Após a interdição do Aterrado por determinação da Justiça, a única opção que os moradores daquele Bairro tem para chegar até o centro de Salesópolis é através da Estrada da Usina.

Recentemente recuperada pela Codasp a estrada está em excelente condições de tráfego, mas  também muito perigosa pelo excesso de velocidade de alguns motoristas.

O vereador Sérgio dos Santos solicitou ao Departamento de Obras da Prefeitura que efetue estudos objetivando a colocação de algumas lombadas principalmente em locais mais habitados para coibir que alguns motoristas abusem da velocidade e assim dar mais segurança aos pedestres e principalmente as crianças que brincam nas proximidades.


Cinco meses fechada

Agência do BB continua de portas fechadas

 

Os correntistas da Agência do Banco do Brasil de Salesópolis estão pessimistas quanto a reabertura da mesma que se encontra fechada desde o ataque aos caixas eletrônicos das Agências Bancárias de Salesóplis em 6 de fevereiro.

Quem necessita de atendimento precisa se dirigir até a cidade de Biritiba Mirim para poder resolver seus assuntos, visto que nenhum funcionário da Agência veio até Salesópolis e nenhum cartaz foi fixado informando a data de reabertura.

O vereador Paulo Arouca Sobreira, Solidariedade, disse a nossa reportagem que vem solicitando mais agilidade para a reabertura da Agência do BB, mas que até o momento nenhuma autoridade de Salesópolis foi informada sobre o assunto.

 


Obras de infraestrutura do Aterrado

Passagem de veículos pelo Aterrado foi interditado pela justiça 

Para esclarecer em definitivo a população de Salesópolis e para acabar com as centenas de boatos referentes aos trabalhos que serão realizados no Aterrado a reportagem do Jornal do Povão procurou novamente o prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, para que falasse sobre o assunto.

O prefeito Rafael falou que “toda a estrutura do Aterrado será feita pelo Estado através do DAEE que já está licitando a obra e que após uma audiência com o Governador Geraldo Alckmin, PSDB, em que esteve presente o Deputado André do Prado, PR, foi liberada a verba”.

“Quem realmente trabalhou para conseguir verbas para a realização das obras foi a prefeitura de Salesópolis, Comunidade do Aterrado que sempre esteve presente conosco e o Deputado André do Prado que nos auxiliou em todos os sentidos para conseguir mais esse grande benefício para Salesópolis e principalmente para os moradores daquela localidade”, concluiu o prefeito Rafael.


Vara Distrital de Salesópolis

O prefeito de Salesópolis Benedito Rafael da Silva, PR, falou a nossa reportagem sobre a possível construção de um novo prédio para abrigar a Vara Distrital de Salesópolis.

O prefeito disse que desde que assumiu a prefeitura em 2013 vem juntamente com o Deputado Estevam Galvão, DEM, trabalhando para que Salesópolis se transforme em Comarca.

“O novo presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo que assumiu no início do ano falou que não tem verba para a construção de um novo prédio para a Vara Distrital em nossa cidade e mesmo com esse impasse estamos trabalhando para a legalização de um terreno”, disse o prefeito Rafael.

Mas, segundo o prefeito Rafael nesse terreno há uma faixa que pertence a Bandeirante Energia Elétrica e para que possa regularizar a área ainda demora certo tempo, e assim que estiver tudo regularizado será remarcada uma nova audiência no Tribunal de Justiça para saber se irão construir o novo prédio da Vara Distrital.

Se houver interesse em construir, a prefeitura irá doar a área ao Tribunal de Justiça, senão iremos construir uma Creche Escola no local.


Mais uma conquista para Salesópolis

Produtores de Carvão artesanal poderão tirar licença

Prefeito Rafael feliz com essa grande conquista para os produtores de Carvão Artesanal

Após críticas recebidas pela população de que era contra a produção de carvão em Salesópolis o prefeito Benedito Rafael da Silva disse a nossa reportagem que após nove anos e meio de muito trabalho junto a CETESB finalmente conseguiu a licença para a produção artesanal de carvão.

“Foi um grande passo para Salesópolis e iremos realizar uma grande festa para comemorar a vitória de nosso povo, foi uma promessa de campanha e terei o maior prazer em compartilhar essa felicidade com todos os produtores de carvão de nossa cidade”.

“O Cadastro Ambiental Rural que os produtores de Salesópolis necessitam tem um valor elevado e acabamos de conseguir com o Governo do Estado uma parceria com a Ong “International Conservation” que virá até nossa cidade para realizar o cadastramento dos produtores sem nenhum custo”, concluiu o prefeito Rafael.

Leia abaixo o que diz a CETESB para a liberação da produção artesanal de carvão vegetal em Salesópolis.

Para fins deste procedimento, considera-se produção artesanal de carvão vegetal aquela realizada com, no máximo, 4 (quatro) fornos, com capacidade total de produção de até 140 m3/mês.

Os produtores de carvão que se enquadrarem na situação acima e estejam localizados distantes de núcleos populacionais poderão ser licenciados sem a necessidade de implantação de sistema de ventilação local exautora e equipamento de controle de poluentes atmosféricos.

Caso sejam registradas reclamações da população com relação a esses empreendimentos, depois de licenciados, a Agência Ambiental deverá adotar as ações corretivas de rotina.

Devem ser observados, conforme procedimento vigente, os demais aspectos relativos ao licenciamento ambiental, tais como:

Atendimento à legislação florestal (reserva legal, autorização para supressão de vegetação nativa ou intervenção em APP, etc.).

Cumprimento de legislação regional existente, como, por exemplo, a legislação de Área de Proteção aos Mananciais – APM e área de Proteção e Recuperação de Mananciais – APRM, conforme procedimento vigente

No caso específico de aplicação da Lei Estadual 1817/78 (que incide apenas na Região Metropolitana de São Paulo), deverá ser observado o seguinte:

- Para a produção de carvão vegetal não se aplica o critério de Unidade Padrão de Combustível, porque esse processo produtivo não é um processo de combustão, e sim de carbonização.

- Atendimento à legislação relativa à reposição florestal, caso seja utilizada matéria-prima florestal oriunda de supressão de vegetação nativa ou que detenham autorização para supressão de vegetação nativa. Portanto, é isento da obrigatoriedade da reposição florestal

Aquele que utilize:  

- Costaneiras, aparas, cavacos ou outros resíduos provenientes da atividade industrial;

- Matéria-prima florestal oriunda de PMFS, floresta plantada ou não madeireira.


Seca em Salesópolis

Aterrado sofre com falta de chuvas

PAISAGEM DE DESERTO: Assim está parecendo o Aterrado, onde

havia água hoje é só areia e tocos de madeiras

Desde o início do mês de março deste ano não chove o suficiente em Salesópolis e o nível das represas Paraitinga e Ponte Nova estão muito abaixo do nível que seria considerado normal para esta época do ano.

A equipe do Jornal do Povão esteve na Barragem de Ponte Nova (Aterrado) e constatou o baixo nível da água do lado direito do aterro, mas segundo especialistas quando iniciarem as obras na passagem do Aterrado a água que está armazenada do lado esquerdo será  “solta” e mesmo assim não irá contribuir muito para a melhora do lago.

Somente com chuvas contínuas poderemos ter no futuro uma quantidade de água expressiva na Barragem de Ponte Nova que foi construída na década de 70 com a finalidade de controlar enchentes em São Paulo e hoje está sendo usada para consumo.


Inverno Quente

Rafael Henrique e Banda se apresentam no Mercadão

Continuando a programação do Inverno Quente no Mercadão a prefeitura de Salesópolis promoveu no domingo, 6, um show com Rafael Henrique e Banda que contagiou o público presente.

Com seis integrantes Rafael Henrique e sua Banda tocam o melhor do Sertanejo e com certeza irá animar muitas festas em Salesópolis e Região, contato da Banda para Shows 11 9 73188367.


Seca na Região

Salesópolis não deverá ter racionamento de água

A equipe do Jornal do Povão constatou que a Represa da Antiga Usina Light, que é utilizada pela Sabesp para o abastecimento de Salesópolis está com nível muito bom segundo nos informou um morador da cidade que conhece muito bem o local há anos.

O mais importante neste momento, pois estamos desde o início de março sem chuvas regulares e com previsão de voltar a chover apenas em setembro é necessário que a administradora da Usina Parque seja prudente e não utilize a água do reservatório para a produção de energia elétrica, assim não irá prejudicar o abastecimento em Salesópolis.

Mas mesmo com toda essa dádiva que Deus nos proporcionou em morar nesta cidade não podemos deixar de cumprir nossas obrigações em economizar água, deixando de lavar calçadas e quintal, pois há poucas chances de chover o suficiente pelo menos até o início da Primavera no mês de Setembro.

Segundo a Climatempo, não há previsão de chuvas regulares e, sobretudo, com bons volumes para os próximos 15 dias sobre a região Sudeste.

Apenas irão ocorrer pancadas de chuva isoladas sobre as lavouras do sul e leste de São Paulo, incluindo nossa Região.

Portanto, os volumes previstos não serão suficientes para permitir uma elevação dos níveis de umidade do solo.

Entre os dias 9 e 13 de julho, a chuva prossegue, com acumulados entre 5 e 15 milímetros o que não ameniza a atual situação das barragens de Salesópolis que se encontram com o nível abaixo do normal para esta estação do ano.


Prefeito Rafael assina convênio para pavimentação de várias ruas

Prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, esteve em São Paulo junto com o Secretário Executivo do Fumefi  e assinou convênio para pavimentação de várias ruas de Salesópolis, em um total de  R$ 2,5 milhões que serão investidos.


Obra será concluída

Local é considerado de alto risco para idosos e crianças

 

Os vinte metros (aproximadamente) que faltam para a colocação do restante do alambrado no início do paredão entre a Rua XV de Novembro e Avenida Victor Wuo, no centro de Salesópolis, causou no dia 22 de março deste ano um acidente grave com uma criança.

Após quatro meses dos acontecimentos e de insistentes pedidos do vereador Mário Barbosa Pinto, Solidariedade, ao prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, através da Indicação 126/2013, o Secretário Municipal de Administração e Pessoal, André Ricardo da Silva, informou o vereador que “a Secretaria de Obras realizou orçamento dos serviços objetivando a colocação de alambrado no trecho do paredão localizado na Av. Victor Wuo, e a Copel está realizando a contratação para a sua efetiva execução”.

O vereador Mário está otimista e espera realmente que os trabalhos para maior segurança principalmente aos pedestres e crianças sejam efetuados o mais rápido possível.


Meio ambiente

Esclarecendo a população de Salesópolis

 

O leitor do Jornal do Povão Helder Wuo, enviou um e-mail a nossa Redação (leia abaixo) com a finalidade única e exclusiva de esclarecer a população de Salesópolis com referências as injustas multas que os moradores de nossa cidade receberam nos últimos meses pela Polícia Ambiental.

“A Prefeitura de Salesópolis criou, através da Lei 1568, de 2009, a Diretoria de Regularização Fundiária, com "a finalidade precípua de promover e centralizar as ações destinadas à regularização dos loteamentos clandestinos e irregulares existentes em nosso Município, conforme orientação e em parceria técnica com a Secretaria de Estado da Habitação",... (Artigo 1º)”.

“No dia 07/11/2012, seu Diretor João Martins do Prado Junior, encaminhou documento ao Ministério Público, GAEMA-CABECEIRAS, denunciando a existência de 60 loteamentos irregulares no Município, conforme Oficio, anexo, do Procurador de Justiça do Estado de São Paulo”.

“Isto explica as multas que a Polícia Ambiental vem aplicando em todo Município e as centenas de pessoas que estão sendo processadas judiciais (CRIME PENAL), onde muitas delas respondem por atos que não cometeram. Exemplo a família Bruno, família Pereira, cuja divisão se deu pelo Juiz da Comarca, em Formal de Partilha, isto é eles nunca compraram e nem venderam nenhum pedaço de terra”.

“Mas, ainda não estou entendendo, se o objetivo da Diretoria era o de promover a Regularização Fundiária, porque, então seu próprio Diretor fez a DENÚNCIA ao GAEMA, no final de 2012”?


Governo do Estado confirma destinação de R$ 400 mil

conseguidos pelo deputado Gondim para reforma da escola

Profª Sônia Maria da Fonseca

 

 

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professora Sônia Maria da Fonseca, de Salesópolis, será reformada. O deputado estadual Luiz Carlos Gondim (Solidariedade) conseguiu recursos na ordem de R$ 400 mil junto ao Governo do Estado para executar a obra no prédio.

No dia 10, o parlamentar foi recebido pelo subsecretário da Casa Civil, Rubens Cury, e esteva acompanhado pelos vereadores Mário Barbosa Pinto (Mário da Padaria) e Paulo Arouca (Paulo do Banespa) e da diretora e vice-diretora da escola, Jane Cardoso e Osmarina Diana Santos de Souza, respectivamente, no Palácio dos Bandeirantes.

Durante a reunião, Rubens Cury falou do trabalho e do empenho do deputado Gondim em conseguir estes recursos para reformar a escola, que está com problemas na sua estrutura. “O deputado Gondim vem há muito tempo fazendo este pedido e o governador atendeu a solicitação e autorizou a liberação deste recurso”, salientou.

Segundo o deputado Gondim a obra é importante porque a escola atende a muitas crianças do município e da zona rural. A autorização já foi encaminhada para a Secretaria de Estado do Planejamento para proceder o pagamento, no entato, a Prefeitura, agora, precisa agilizar a execução do projeto para que os recursos possam ser pagos o mais rápido possível.

Rubens Cury aproveitou a oportunidade para conversar com o prefeito de Salesópolis, Benedito Rafael da Silva (PR), para falar da liberação dos R$ 400 mil, através do deputado Gondim, e pediu ainda agilidade do poder executivo municipal para que os recursos sejam liberados o mais breve possível.

Jane Cardoso lembrou que embora a escola seja municipal, o prédio é do Governo do Estado. “Estes recursos vêm em boa hora porque tem uma rachadura e estamos preocupados com segurança dos alunos”, disse. A escola atende a 260 crianças que cursam do 1º ao 5 ano.


Secando...

Barragem do Rio Paraitinga com baixo nível

  

O nível da Barragem do Rio Paraitinga está abaixo do que deveria estar nesta época do ano devido a falta de chuvas regulares em nossa região desde o final de 2013.

A reportagem do Jornal do Povão esteve presente no Bairro da Capela Nova onde a água deveria estar em seu limite máximo mas, o que constatamos é que a represa está com o nível muito baixo, formando algumas poças de água, onde as garças aproveitam dos peixes que ali ficaram, sem contar com as inúmeras “ilhas” que aparecem no meio da água.

Segundo a Somar Meteorologia para os próximos trinta dias não há previsão de chuva regular em nossa região o que deve agravar ainda mais a situação das Barragens de Salesópolis.


 

7º FESTIVAL DO CAMBUCI EM SALESÓPOLIS

Fundo Social no Festival do Cambuci

O Fundo Social de Solidariedade de Salesópolis através de sua Presidenta Paula Tenório participou do 7º Festival do Cambuci em Salesópolis.


Praça da Matriz

Dois anos depois de reinaugurada Praça apresenta problemas

Palco construído há dois anos durante reforma da Praça da Matriz

A Praça da Matriz de Salesópolis que foi reinaugurada em 7 de julho de 2012 após uma polêmica reconstrução durante o governo do então prefeito Antônio Adilson de Morais, está novamente precisando passar por uma reforma.

A reportagem do Jornal do Povão constatou que a poucos dias de completar dois anos da última reforma, a Praça da Matriz já encontra com inúmeros problemas principalmente no que se refere aos cuidados com as plantas e flores.

Em muitos locais verificamos que não existe nenhuma flor ou folhagem que venha embelezar a área central de nossa cidade, deixando o local com uma aparência mórbida.

Outros problemas encontrados foram à danificação das luminárias que existiam nos canteiros, isso causada por vândalos que durante os finais de semana aproveitam para destruírem o patrimônio público.

Seria necessário que houvesse um guarda diariamente na praça pelo menos para inibir essas atitudes de pessoas que só pensam em danificar o que é publico.

Para que a Praça da Matriz de Salesópolis que já foi ponto de encontro dos namorados na época em que ainda tínhamos o coreto que era referência em nossa cidade e que foi destruída pelo então prefeito Quico entre 2001 e 2004, volte a ser frequentada pelas famílias será necessária à realização de um trabalho educacional junto a seus frequentadores.

Poda em árvore: Ainda se tratando da Praça da Matriz a poda de uma árvore centenária vem causando indignação pela maneira que foi realizada.

Praticamente quem efetuou o trabalho de poda tinha como objetivo acabar de vez com a árvore que há algum tempo já vinha secando misteriosamente.

A reportagem do Jornal do Povão verificou que existe alguma chance da árvore florir novamente visto que algumas ramas foram encontradas nela e tudo índica que ainda não “morreu”.

O que mais chama a atenção de alguns moradores é que as entidades de proteção ao meio ambiente simplesmente não apareceram no local para verificar o que está acontecendo.

“Se fosse ao início dos anos 90 com certeza algum representante de algum grupo ecológico já estaria se mobilizando e impedindo tal atrocidade na Praça da Matriz”. 


 

A Prefeitura da Estância Turística de Salesópolis vem a público esclarecer os fatos acerca da AÇÃO CIVIL PÚBLICA movida pelo Promotor de Justiça do Grupo de Atuação

Especial do Meio Ambiente – Gaema, na qual o objeto pretendido pelo Ministério Público é a  demolição do aterro conhecido como “Aterrado”, que atravessa a cabeceira do lago do  reservatório da Barragem de Ponte Nova e liga o centro urbano do Município de Salesópolis  aos Bairros: Aparecida, Aterrado, Arrepiado e Pedra Branca, onde residem aproximadamente 2.000 (dois mil) moradores, ligando ainda o Município, à região conhecida como Pinheirinho. Na Peça Inicial da ACP, dentre outros argumentos, alega a Promotoria que a construção de acesso rodoviário na barragem de Ponte Nova, “Aterrado”, é insustentável  devendo qualquer obra nesse sentido ser imediatamente paralisada e em seguida demolida para evitar maiores danos ao meio ambiente, em especial à Área de Preservação Permanente e Área de Proteção de Mananciais.

Ao receber a Petição Inicial do Processo, a MM. Juíza de Salesópolis acolheu os  argumentos do Ministério Público e deferiu liminarmente e sem possibilitar à Prefeitura o direito de se manifestar sobre os fatos narrados pelo Ministério Público, a maioria dos pedidos formulados pelo Promotor do GAEMA, além de determinar a interrupção do acesso e a colocação de placas informando da interdição, proibiu a realização de obras no mesmo, tendo fixado multa de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) por dia, para o caso de descumprimento.

Após ser intimada da Decisão Liminar, para EVITAR A APLICAÇÃO DA MULTA DE R$ 30.000,00 (TRINTA MIL REAIS) POR DIA, a Prefeitura de Salesópolis interrompeu o acesso e imediatamente tomou as medidas judiciais que o caso demandava, protocolando um Pedido de Reconsideração da Decisão Liminar ao Juízo de Salesópolis, com documentos e Relatório da Defesa Civil que comprovavam que a travessia do “Aterrado” não apresenta risco aos usuários.

Não obstante, a d. Juíza manteve a sua decisão. Assim sendo foi interposto, dentro do prazo prescrito na Lei, Recurso Junto à Egrégia Instância Superior.

A Prefeitura Municipal repudia a Decisão Liminar prolatada nos Autos da Ação Civil Pública nº 0000097-95.2014.8.26, e está empenhando grande esforço para resolver o “dilema” da Comunidade que vive no entorno do Aterrado, tanto no que se refere à questão judicial, quanto à aprovação da obra e liberação do recurso financeiro para executá-la, e têm plena convicção de que, muito em breve toda a questão estará sanada.

O Agravo de Instrumento foi distribuído à 1ª Câmara Reservada ao Meio Ambiente e tramita sob o nº 2082751-25.2014.8.26.0000, sendo que, se pretende com o Recurso a liberação da passagem, bem como, da realização das obras no “Aterrado”. A Prefeitura está aguardando o julgamento do Agravo. Aproveitamos o ensejo para informar que as obras no “Aterrado”, realizadas após o rompimento das aduelas no final de 2012, foram efetuadas com recursos próprios da Prefeitura, pois, até o momento o Governo Estadual não liberou nenhuma verba para tal finalidade.

Contudo, o Governo Estadual está prestes a firmar Convênio com a Municipalidade, para liberação de recursos financeiros para a execução da obra definitiva do Aterro, cujo projeto estrutural já foi aprovado pelo DAEE, que recebeu também toda a documentação referente à outorga de uso dos recursos hídricos, o qual foi protocolado na data de 29 de abril de 2014.

Esclarecemos finalmente que, a Prefeitura Municipal, por seu Prefeito e Secretaria de Assuntos Jurídicos está à disposição da população e, principalmente, da Comunidade do Aterrado, para dirimir dúvidas e prestar esclarecimentos relacionados a este Processo. 


APÓS 4 MESES

Agência do Banco do Brasil continua fechada

 

 

 

 

 

Já completou cinco meses desde o último ataque as agências bancárias de Salesópolis e até agora a agência do Banco do Brasil, localizada na Rua Alferes José Luiz de Carvalho, continua em reforma, deixando seus correntistas desorientados.

Desde o ataque em fevereiro nenhum funcionário da agência sequer colocou um cartaz para informar a população de quando voltaria a operar novamente em Salesópolis.

Quem necessita realizar movimentações financeiras com o Banco do Brasil precisam se dirigir até a cidade de Biritiba Mirim para poderem conseguir alguma informação sobre suas contas.

O vereador Paulo Arouca Sobreira, “Paulo Banespa”, Solidariedade”, falou sobre a necessidade de tomar providências urgentes junto aos responsáveis pela agência de Salesópolis para que os correntistas não sejam mais prejudicados, afinal demorar quatro meses para reformar uma “pequena agência” é muito tempo.


Falta de chuva

Salesópolis não terá racionamento de água

A Sabesp reitera que o fornecimento de água em Salesópolis está normal e não há previsão de racionamento na cidade, inclusive no Distrito Nossa Senhora dos Remédios. A situação do manancial que abastece a cidade também está normal, portanto, não há riscos para o abastecimento da cidade nos próximos meses. Além disso, vale lembrar que o ciclo hidrológico normal prevê chuvas a partir do mês de outubro.

Contudo, a Sabesp solicita à população que economize água sempre e, principalmente, neste momento crítico de estiagem prolongada no estado de São Paulo.

Para enfrentar a atual situação do abastecimento de água na Região Metropolitana de São Paulo, a Sabesp tem adotado diversas ações, como a transferência de água dos Sistemas Alto Tietê e Guarapiranga para atender bairros que eram abastecidos pelo Sistema Cantareira; implantação do Programa de Bônus, que incentiva a redução do consumo e atualmente está sendo adotado por cerca de 40% dos clientes; utilização da reserva técnica (volume morto) do Sistema Cantareira; redução do tempo médio de conserto de vazamento em 37%; criação da campanha “Guardião das Águas”; ampliação da capacidade de produção de água de reúso na ETE Parque Novo Mundo; reversão das represas Jaguari-Atibainha; entre outras.

A População pode colaborar combatendo os vilões do desperdício Os vazamentos são o maior vilão quando o assunto é desperdício de água. Por exemplo: uma torneira gotejando desperdiça mais de 40 litros de água por dia. Já se estiver correndo um filete de água de aproximadamente dois milímetros, o desperdício sobe para mais de 130 litros por dia.

O banho vem na sequência no desperdício de água. Em casas, um banho de ducha de 15 minutos, com o registro meio aberto, consome 135 litros. Se o banho durar 5 minutos, com o registro fechado enquanto se ensaboa o corpo, o consumo cai para 45 litros – economia de 90 litros. Em apartamentos, os números são mais alarmantes: um banho de 15 minutos consome 243 litros de água; reduzindo o tempo para 5 minutos, a economia pode chegar a 162 litros.

O vaso sanitário é a terceira maior fonte de gasto de água. Uma bacia sanitária com válvula e tempo de acionamento de 6 segundos gasta de 10 a 14 litros por descarga. Por isso, não se deve utilizar o vaso sanitário como lixeira ou cinzeiro e nunca acionar a descarga à toa. É importante também consertar os vazamentos assim que eles forem notados e manter a válvula sempre regulada – ou o consumo pode chegar a 30 litros de água por descarga.

Escovar os dentes com a torneira aberta durante cinco minutos gasta 12 litros de água em casa e 80 litros em apartamento. Mas, se a torneira for aberta apenas para molhar a escova de dentes e se for utilizado um copo de água para enxaguar a boca, a economia é de 11,5 litros de água em casa e de 79 litros em apartamento.

- O mesmo vale para o barbear. Em 5 minutos gastam-se 12 litros em casa e 80 litros em apartamento. Abrindo a torneira apenas para o enxague, pode-se economizar até 9 litros de água em casa e 79 litros em apartamento.

- Lavar a louça com a torneira meio aberta durante 15 minutos consome 117 litros de água em casa e 243 litros em apartamentos. Com economia, o consumo pode chegar a 20 litros. Por isso, ao lavar a louça, limpe os restos de comida dos pratos e panelas e só depois abra a torneira para molhá-los. Com a torneira fechada, ensaboe toda a louça e, então, abra a torneira para enxaguar.

- Uma lavadora de roupas com capacidade para 5 quilos gasta 135 litros. O ideal é usá-la com a capacidade total e, no máximo, três vezes por semana.

- A água do tanque ou máquina de lavar pode ser reaproveitada para lavar o quintal ou a calçada.

- Ao molhar as plantas durante 10 minutos com a mangueira aberta, o consumo de água pode chegar a 186 litros. Para economizar, faça a rega de manhãzinha ou à noite, o que reduz a perda por evaporação. Use um regador ou, em último caso, uma mangueira com esguicho-revólver, podendo chegar a uma economia de 96 litros de água.

- Lavar calçada com a mangueira é um hábito comum e que traz grandes prejuízos. Em 15 minutos são perdidos 279 litros de água. Por isso, deve-se usar a vassoura para limpar a calçada e o quintal.

- Lavar o carro durante 30 minutos com a mangueira não muito aberta gasta 216 litros de água. Com meia volta de abertura, o desperdício chega a 560 litros. Para reduzir, basta lavar o carro somente uma vez por mês com balde. Nesse caso, o consumo é de apenas 40 litros.

As dicas de economia de água valem para todos e é importante identificar como as pessoas de uma família consomem água e onde podem economizar. Para isso, a Sabesp disponibiliza um “Simulador de Consumo”. Confira no http://www.sabesp.com.br/CalandraWeb/animacoes/index.html.


Restaurando a Matriz

Artista Salesopolense Victor Wuo

Artista Plástico de Mogi das Cruzes Zanivani

Os artistas plásticos Zanivani e Victor Wuo estão realizando a restauração de alguns quadros no interior da Igreja Matriz de São José em Salesópolis.

Após concluírem a restauração do Batistério, ambos estão trabalhando na recuperação da Capela do Santíssimo e Nossa Senhora Aparecida que estava muito deteriorada com a ação do tempo.

Segundo Victor Wuo será necessário mais seis meses para a entrega da obra, para que novamente os Católicos possam realizar suas orações.


Aguardando solução

Políticos trabalham nos bastidores para conseguirem a liberação do Aterrado junto ao Ministério Público que embargou a passagem na última quarta-feira, 21.

Justamente agora que já estão liberadas verbas no valor de R$ 850 mil para melhoria do local, os moradores do Bairro do Tietê Acima pedem mais atenção do prefeito Rafael visto que estão sofrendo para poderem chegar até o centro da cidade, pois o percurso aumentou em cerca de 15 km.


Salesópolis terá Centro Comunitário no Fartura

por meio de emenda de R$ 200 mil

A prefeitura municipal de Salesópolis formalizou, na tarde de quinta-feira (22), convênio que assegurou o empenho de Emenda Parlamentar de R$200 mil, de autoria do deputado estadual André do Prado (PR), para a construção de um Centro Comunitário no Bairro Fartura. Os recursos vão assegurar a construção de um espaço amplo, onde a comunidade local poderá desenvolver uma série de atividades. O pedido vai atenção ao prefeito Benedito Rafael (PR) e ao vice-prefeito Vanderlon de Oliveira Gomes (PTB), além dos vereadores republicanos Edney, Paulinho, Nei e o vereador Marcelo do Quico (PTB).

“Muito nos honra fazer parte desse momento, onde a prefeitura assegura, através da formalização desse convênio, recursos necessários para a construção do centro comunitário. Sabemos da importância desse espaço para a comunidade e por, isso, empenhamos tais recursos, fundamentais para a municipalidade”, afirma André do Prado.

A prefeitura explica que o espaço a ser construído no Bairro Fartura será utilizado na execução de diversas atividades socioculturais, educativas e oferecerá à comunidade uma área exclusiva para o lazer. O prefeito Rafael agradeceu ao deputado pelo repasse dos recursos e espera dar continuidade na parceria estabelecida entre o deputado e o município. “André do Prado é um parceiro da nossa cidade e entende as nossas necessidades. A formalização do convênio nos assegura a construção desse espaço que é uma antiga demanda da comunidade. Temos certeza que, assim que entregue, promoverá importantes avanços na qualidade de vida dessas pessoas”, destacou.

Os vereadores que acompanharam a assinatura do convênio comemoraram a confirmação dos recursos. Eles entendem como primordial a oferta de lazer, cultura e diversão em local apropriado, permitindo que toda a família possa gozar dos benefícios oferecidos pela municipalidade.


Dr. Gondim

Deputado fala sobre os problemas do Aterrado

O Deputado Estadual Dr. Gondim, Solidariedade, disse que entrou com um pedido junto ao Ministério Público para a Juíza reconsiderar a interdição do Aterrado para que a população que mora no Bairro do Tietê acima não sofra mais.

“Agora com o fechamento do aterrado eles precisam andar cerca de quinze quilômetros para poderem chegar ao centro da cidade e a Secretaria de Agricultura me prometeu regularizar aquela estrada”.

“Já que o Governador enviou o dinheiro para refazer a ponte do Aterrado, e eu enviei R$ 100 mil de uma Emenda a pedido dos vereadores Mário Barbosa Pinto, Mário da Padaria,  e do  Paulo Arouca Sobreira, Paulo Banespa, ambos do Solidariedade nós juntamos esforços para que o prefeito possa realizar a obra”.

“Desde o momento que rodou” a lateral do aterrado no final de 2012, estou acompanhando de perto o sofrimento de todos e eu gostaria que a Juíza e o Promotor reconsiderassem esse caso para não deixar a população sofrendo, e se eles quiserem que os caminhões deem a volta pela Estrada da Usina tudo bem, mas não prejudiquem mais a população”, concluiu o Deputado Estadual Dr. Gondim. 


Aterrado é interditado

Oficial de Justiça entrega ao vice-prefeito Vanderlon

ordem para interditar local

Moradores observam caminhões da prefeitura de Salesópolis descarregando terra para interditar o Aterrado

Por determinação Judicial a prefeitura de Salesópolis interditou na manhã de quarta-feira, 21 a passagem do Aterrado, que deixou todos os moradores daquele Bairro revoltados, pois a partir de agora o percurso até Salesópolis irá aumentar em cerca de 15 km.

O que não podemos deixar acontecer com o povo de Salesópolis, é que pessoas de outras cidades interfiram em nosso município fazendo denúncias “vazias” e que prejudicam não somente o bem estar das pessoas, mas sim a economia de nossa cidade.

O vice-prefeito Vanderlon Oliveira Gomes, PTB estava no Aterrado onde recebeu das mãos do Oficial de Justiça o documento que determinava o fechamento imediato do local visto que o não cumprimento acarretaria uma multa de R$ 30 mil reais diárias.

Os moradores do Aterrado estavam aguardando a presença dos políticos de Salesópolis, mas nenhum vereador compareceu ao local sequer para compartilhar a indignação de todos  com a interdição do Aterrado.

O motivo apresentado a nossa equipe para o não comparecimento do prefeito Benedito Rafael da Silva, PR era que ele já estava mobilizando sua equipe  Jurídica para entrar com um Agravo no Tribunal e reverter a atual situação em que se encontra o Aterrado.


Esclarecendo ao povo de Salesópolis

O prefeito Benedito Rafael da Silva, PR falou a reportagem do Jornal do Povão no sábado, 17 sobre o quanto foi arrecadado durante o carnaval deste ano para que a população fique ciente e também acabar definitavamente com as especulações.

Durante os cinco dias do evento foram arrecadados R$ 58 mil reais na bilheteria e os gastos chegaram a R$ 180 mil reais.

O prefeito Rafael disse que "se caso houvesse algum lucro com o carnaval seriam destinados ao Fundo Social e a Santa Casa de Salesópolis, mas este ano não foi possível realizarmos esses repasses".


Salesópolis recebe máquina e caminhão do Governo Federal

Prefeito Rafael e o vereador Sérgio dos Santos

O prefeito Benedito Rafael da Silva, PR está muito satisfeito com o trabalhando que ele e sua equipe vêm desenvolvendo junto ao Governo Federal em um ano e cinco meses de trabalho.

Em uma rápida passagem pelo Departamento de Obras de Salesópolis o prefeito fez questão junto com o vereador Sérgio dos Santos, PMDB de pousar para uma fotografia junto a Patrol e o novo Caminhão que foi entregue no início do mês na cidade de Limeira pela Presidenta Dilma.

Rafael fez questão de agradecer exclusivamente a presidenta por mais essa conquista não somente de Salesópolis, mas dos demais municípios com menos de 50 mil habitantes que foram contemplados com máquinas e caminhões que irão melhorar as condições de muitas estradas de terra em todo o Brasil.


Arcos da Vila Henrique

O Jornal do Povão procurou o prefeito Benedito Rafael da Silva, PR para saber sobre a paralisação das obras dos Arcos da Vila Henrique há um ano e cinco meses.

O prefeito informou que a empresa que estava realizando os trabalhos foi acionada por meio da Justiça para que venha e conclua as obras para poder ser realmente entregue a população.


Educação

Curso irá preparar professores da rede municipal de ensino

Realizou-se na manhã de sábado, 17, na EMEF Professora Sônia Maria da Fonseca, localizada no Bairro do Jardim Nídia em Salesópolis a conferência sobre o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – Projeto Pacto, promovido pela prefeitura da Estância Turística de Salesópolis.

Uma das Coordenadoras do evento a Professora Dannyela Cristina de Miranda Fonseca de Sousa, disse a reportagem do Jornal do Povão que o Projeto Pacto “visa a melhoria da educação em âmbito nacional e Salesópolis foi beneficiado com esse programa do Governo Federal e iremos participar com a alfabetização em Matemática com os professores do segundo e terceiro ano do ensino fundamental”.

“É uma preparação pessoal do professor para que possa colocar em prática na sala de aula, sendo que estão participando 42 professores da rede Municipal de Ensino Fundamental I, com término previsto para o final de novembro”, concluiu Dannyela.

Também participaram da abertura do Projeto Pacto o vereador Cristian Luiz Candelária, PV “Kiki”, representando a Câmara Municipal de Salesópolis e o vice-prefeito Vanderlon Oliveira Gomes, PTB. 


Perigo no Centro da Cidade de Salesópolis

Prédio abandonado da EDP Bandeirante está repleto

de ratos e animais peçonhentos

 ABANDONO: No centro da cidade mato toma conta de prédio abandonado há décadas

Vereador Mário da Padaria pede solução para o problema do mato e bichos no local

O vereador Mário Barbosa Pinto, Solidariedade, “Mário da Padaria” mencionou durante a Sessão da Câmara de segunda-feira, 12, sobre a quantidade de mato, acumulo de lixo, proliferação de ratos e bichos peçonhentos no local.

O problema se tornou mais grave ainda, pois o prédio está abandonado há décadas desde que a Eletropaulo passou a ser da Bandeirante EDP e a partir de então mais ninguém entrou naquele local.

O vereador Mário disse ainda na Sessão da Câmara que os proprietários da Padaria São Luiz tiveram que tomar precauções ainda maiores para que nenhum tipo de animal peçonhento e principalmente os ratos invadam o prédio comercial.

É necessário que a fiscalização do município tome providência urgente quanto ao abandono daquele prédio, pois não oferece apenas perigo ao comércio vizinho e sim as centenas de pedestres que transitam diariamente por aquele local.


Deputado Gondim consegue a liberação de recursos

para reconstrução da Ponte do Aterrado

A Ponte do Aterrado de Salesópolis deverá ser refeita. O governador Geraldo Alckmin, PSDB autorizou, durante a visita que fez na última quinta-feira à Suzano, a liberação, através do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), de uma verba de R$ 800 mil para a reconstrução da ponte do aterrado sobre o Rio Tietê, em Salesópolis, que foi interditado por causa do desmoronamento provocado pelas chuvas de final de ano. As obras de recuperação do trecho estão orçadas em R$ 1,4 milhão. A diferença ficaria por conta da Prefeitura da Cidade.

Mas, diante das dificuldades financeiras enfrentadas pelo município, os deputados estaduais da região decidiram se unir para ajudar na recuperação do trecho. Ficou combinado que Luiz Carlos Gondim Teixeira, Solidariedade e outros parlamentares da região vão ajudar com R$ 100 mil cada. As verbas serão repassadas através de emendas parlamentares asseguradas no orçamento do Estado.

A interdição do aterrado está provocando uma série de transtornos à mais de 2 mil famílias que residem nos bairros da Pedra Branca, Usina e Arrepiado, que ficam do outro lado do rio. Os moradores são obrigados a dar uma volta de quase três quilômetros para chegar até a Cidade, além das dificuldades enfrentadas pelos produtores para o escoamento dos produtos agrícolas.

 

topo