ONLINE
4




Partilhe este Site...

 

 


PRIMEIRA PÁGINA



 

CLIQUE AQUI E LEIA OUTROS CANAIS DO JORNAL DO POVÃO

TODOS OS PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS DE SALESÓPOLIS E REGIÃO 


 


Neste momento externo toda minha alegria por mais um ano de história para nossa querida Salesópolis. Cumprimento todos os cidadãos e cidadãs que habitam essa cidade linda, cheia de belezas. Temos o desafio de crescer e desenvolver distribuindo renda, promovendo inclusão social e garantindo as gerações futuras uma Salesópolis melhor

Sandra Regina de Assis, Vereadora da Estância Turística de Salesópolis


CLIQUE AQUI E VEJA OS ANIVERSARIANTES 




 



 IMAGEM DO DIA - 28/02/2015

Em pé mãe do Padre Antônio Carlos ouve atentamente discurso do filho (Cidadão Salesopolense) falando de sua trajetória de vida e se emocionando quando falou do pai já falecido.



Jornal do Povão no Diário de Mogi

O Jornal do Povão figurou na Edição desta terça-feira, 3 de março no Jornal O Diário de Mogi das Cruzes na Coluna do Darwin Valente em que cita a entrega do Título de Cidadão Salesopolense a Padre Antônio Carlos Menezes no Distrito Nossa Senhora dos Remédios.

Um conceituado Jornal como o Diário de Mogi só faz lembrar a todos nós a importância do Jornal do Povão para Salesópolis e Região.

Nosso objetivo é continuar informando tudo o que o povo de nossa região precisa saber seja no âmbito cultural, religioso ou político.

Estamos nos aperfeiçoando a cada dia para divulgar o nome de Salesópolis em toda nossa Região, no Brasil e no Mundo.


Bom senso prevaleceu!

Depois de quase um mês de discussões, mobilizações e diversas reuniões, finalmente o Governo do Estado chegou a uma decisão, que a meu ver, neste momento foi a mais sensata em relação aos agricultores de Mogi das Cruzes, que foi a publicação de uma nova portaria regulamentando o ato declaratório, que funcionará como uma pré-outorga, para uso de águas dos mananciais.

Desde a primeira reunião entre os agricultores e os representantes do Governo Estadual no final de janeiro no Cocuera, voltei todas as minhas atenções a respeito deste assunto de extrema gravidade. Não é para menos, a agricultura é um dos setores de grande importância para Mogi das Cruzes e região, tanto que pelo trabalho no campo recebemos o título de “cinturão verde do Estado”. 

Foram várias reuniões que estive no Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) com o superintendente Ricardo Borsari, com o secretário-adjunto da Agricultura e Abastecimento, Rubens Rizeki e até mesmo com o governador Geraldo Alckmin para tratar deste assunto. Além disso, eu utilizei a tribuna da Assembleia Legislativa durante todo este período para falar deste problema e sensibilizar o Governo a encontrar uma maneira a fim de que se combata o desperdício e ao mesmo tempo ajude os agricultores a se enquadrar à legislação.

 Se o bom senso não prevalecesse, imagine o impacto que isso causaria na nossa região, se os agricultores não pudessem mais irrigar suas respectivas lavouras? Quantas pessoas perderiam seus empregos, diretos e indiretos? Isso sem mencionar a escassez dos produtos nos mercados. Mas por que esta solução não foi apresentada antes? No início, não tenho dúvidas que faltou diálogo nesse processo, até porque dos 1.616 propriedades agrícolas de Mogi, apenas 10% tem a outorga da água, isso já era de conhecimento das autoridades.

Estamos vivendo uma crise hídrica sem precedentes. A escassez de chuvas e a queda no nível dos reservatórios carecem de todos nós a responsabilidade de economizar água. Não é o momento de encontrarmos os vilões do desperdício, mas sim de nos unirmos a fim de garantir que todos tenham água para o consumo e para o nosso trabalho, seja ele no campo, na indústria, no comércio, onde for. No entanto precisamos garantir que a agricultura continue sua produção para que nossa mesa tenha os produtos necessários.

Deputado Estadual Luiz Carlos Gondim (Solidariedade) 


Clima esquenta na Sessão da Câmara de Salesópolis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Após a fala da vereadora Sandra Regina Assis, PMDB, que voltou a criticar a administração municipal ao defender um aumento real aos funcionários públicos municipais, o vereador e presidente da Câmara Paulo Arouca Sobreira, PMDB, pediu a palavra e disse que “não estamos aqui para enganar ninguém e nem para fazer politica em cima do reajuste salarial”.

“Estou com números, fatos e valores e voltando até 20 anos atrás e aqueles que são trabalhadores da prefeitura sabem das dificuldades da cidade e sempre almejaram melhorias”.

“Esse pedido já entrou nesta casa quando eu não era vereador”.

“Politica barata em coisa que é séria e lidar com valores tem que ter orçamento”.

“Quer dar aumento de 50% eu e o prefeito queria porque politicamente ele estaria bem”.

“Não estamos analisando o lado político e sim o financeiro e orçamentário e esse índice quem deu não foi ele (prefeito) e sim quem arrojaram este país ou seja os deputados, governadores e presidentes que deixaram o país como está”.

“Todos esperam uma melhoria de vida, não estamos aqui para enganar ninguém, pois é simples, nós temos que falar a verdade e quando eu assumi como vereador eu fiz um juramento”.

 “Não estamos diante de mentira e sim de coisas que estão acontecendo em nossa cidade”.

“Estamos aqui não para falar da Lei e sim o que pode ser feito para nosso munícipio com o dinheiro e o que menos se liberam sejam o governo federal e estadual é verba de custeio”.

Durante a explicação pessoal a vereadora Sandra Assis voltou novamente a Tribuna e em desabafo disse:

- Má administração: “Insisto neste assunto e começo dizendo que a palavra hipocrisia e demagogia são por demais forte e violenta e se deve ter cautela e moral para se falar e devemos tomar cuidado com as palavras porque a vida está lá fora correndo e todo povo sabe quem é quem na cidade e isso irei insistir sempre, pois as pessoas sabem quem é digno”.

“Não sou dona da verdade do que é correto ou do que é certo porque sou um ser humano que cometo falhas, mas posso dizer uma coisa a todos porque hipócrita e demagoga não sou e minha vida é um livro aberto”.

“Por isso pedi a conta da prefeitura de Salesópolis para eu ser plenamente vereadora e defensora da população, porque eu não tenho nada com a administração e a única parente que eu tinha na prefeitura que era concursada e por motivos de perseguição pediu conta”.

“Eu não tenho empresas, ou familiares na prefeitura e não entrei como suplente fui eleita na primeira vez, eu amo estar aqui na Tribuna, adoro a população e falo de coração e quem me conhece sabe disso”.

“Não sou contra a ninguém eu sou a favor do povo de Salesópolis”.

“Mais uma condenação da prefeitura da má gestão pública e todos que ousam enfrentar a administração não somente este, mas outros sabem o que acontecem”.

“Não faço política barata quem me conhece sabe que não e eu não tenho medo de enfrentar a administração porque eu tenho a população ao meu lado”.

“Por onde seja que eu vá sou muito bem recebida, e alguma coisa estou fazendo por receber tanto carinho, e eu não tenho medo porque minhas contas sou eu que pago”.

“Eu tenho Deus no meu coração e a população ao meu lado”, concluiu emocionada a vereadora Sandra Assis.


Veja as reivindicações dos Vereadores durante a

Sessão da Câmara da Estância Turística de Salesópolis

Vereador Kiki solicita compra de veículo

O vereador Cristian Luiz Candelária, PV, Kiki durante sua fala na Tribuna da Câmara falou sobre sua indicação 034 que novamente solicita ao Prefeito Benedito Rafael da Silva, PR que providencie a compra de um veículo oficial para a Autoridade de Trânsito da Estância Turística de Salesópolis e de uma motocicleta para os fiscais da prefeitura poder ter mais agilidade em seus trabalhos.

“Eu não posso falar se comprar um carro para o transito tem que comprar para a saúde pois são verbas distintas”, se referindo a fala do vereador Sérgio dos Santos que falou que irá pedir ao prefeito Rafael para que compre um veículo para o a Secretaria de Saúde.

“Encaminhei ao deputado Estevam Galvão  dois ofícios para a compra de veiculo para o transporte de paciente, essa emenda foi aprovada e publicada no Diário Oficial e deverá estar disponível para a compra de veículo para a saúde, além de uma emenda para a compra de um micro ônibus para a secretaria de esportes”, disse o vereador Kiki.

“Vamos nos unir e pedir para que o prefeito cumpra o que eu sugeri que faça a compra de um veiculo para a Autoridade de Trânsito e para que seja empenhada esse dinheiro na pintura de sinalização de solo, lombadas e investir na qualidade do trânsito em nossa cidade”, concluiu.

Paulo Banespa pede agilidade no contrato com a Sabesp

O vereador Paulo Arouca Sobreira, SD enviou uma Indicação para que seja providenciada junto ao prefeito uma reunião com a Sabesp referente a renovação do contrato com a empresa, visto que já foi feita reuniões e audiência publica, visto que a Sabesp ficou de retornar para discutir e finalizar todas condições para a renovação do contrato.

“Quero que todos tenham o conhecimento e principalmente a população para que possamos discutir, acetar e colher as informações que irão trazer retorno necessário aos investimentos que a Sabesp está nos devendo”.

Paulo disse que “a Sabesp está levando a água e não oferecendo nada a nossa cidade, fazem o que querem com nossa água e queremos que realmente deem valor ao nosso município e já que dá valor a água que também valorizem nossa cidade”.

“Seria um investimento de R$ 2 milhões para Salesópolis e queremos negociar para que os investimentos sejam maior, pois é através do número de ligações que a cidade tem que eles investem”.

“Queremos que contem em nível de habitantes já que a Sabesp abastece outras cidades, assim venha a melhorar os investimentos em Salesópolis”. .

“Em relação as indicações apresentadas apoio a todas e sei das dificuldades para que haja melhoria e precisamos de investimento, mas temos um orçamento falho e não tem nada que venha melhorar a arrecadação”.

“Os Deputados precisam aparecer fortemente no município para que haja mais investimentos em Salesópolis”.

“Na saúde precisamos nos empenhar muito mais lá fora (solicitando aos deputados emendas) para amenizar os problemas que enfrentamos em nossa cidade”.

“Está gastando tudo que se pode mas o orçamento continua o mesmo e tudo aumentou”.

“É difícil trabalhar sem dinheiro, e em questão aos veículos da saúde todos são utilizados na íntegra e se tiver mais demanda não tem carro para atender, já que se empresta até mesmo carro da Câmara para atender a população”.

“Não se trabalha sem dinheiro nem em casa e muito menos na administração, irái vir períodos mais difíceis”, concluiu o vereador Paulo.


Mario da Padaria pede reajuste real aos funcionários públicos

 

O vereador Mário Barbosa Pinto, SD disse que “os funcionários nunca tiveram aumento real e que a Prefeitura da Estância Turística de Salesópolis precisa colocar o Departamento Jurídico para funcionar e poder colocar a “casa em ordem” e sobrar dinheiro, já que existe inúmeros processos de funcionários que entram na justiça para repor suas perdas”.

“Precisa de uma pessoa que acompanhe para que não haja tantos processos de funcionários contra a prefeitura para que a prefeitura possa dar um aumento real aos funcionários”, disse Mário.

 


Edney também solicita aumento real aos Servidores

O vereador Edney Campos dos Santos, PR  falou sobre o Projeto de Lei do Executivo que trata de revisão e não de perdas que já ocorreu durante o ano de 2014 ou seja o trabalhador público já teve seu poder de compra reduzido.

“Essa reposição já deveria ser reajustada em janeiro deste ano, e por questões financeiras não pode ser cumprida na data prevista”.

“Que seja paga aos funcionários o aumento retroativo a janeiro visto que os funcionários já vem perdendo muito”.

“Não existem aumento real aos funcionários e o Executivo precisa fazer alguns ajustes nas contas e assim promover em 2016 um aumento real aos funcionários”, finalizou sua fala o vereador Edney.


Lélis pede aumento no valor das Diárias dos Motoristas

O vereador Benedito Lelis Renó, PT disse que, “o projeto já deveria estar aprovado pelos vereadores e somente agora foi encaminha a esta Casa de Leis, e é importante que seja retroativo a partir de janeiro, mas tem outros casos que os representantes dos servidores vem lutando”.

“Não concordo com o valor da diária que a prefeitura paga aos motoristas, e aqueles  que trabalham na área da saúde em alguns casos chegam a pagar lanches para as pessoas carentes”.

“O valor da diária de Salesópolis  para Mogi das Cruzez é de R$ 20 e de Salesópolis para São Paulo de apenas R$ 25, queremos que o prefeito faça um reajuste nas diárias dos motoristas”.

“Quem trabalha na área da saúde é igual professor que tira do seu dinheiro para comprar material aos alunos e os motoristas da saúde dividem suas alimentação com os doentes”, concluiu o vereador Lélis.


Deise parabeniza Padre Antônio Carlos pelo Título de

Cidadão Salesopolense

A vereadora Deise Aparecida Correa Duque, PSD parabenizou a Missa e Sessão Solene realizada no Distrito Nossa Senhora dos Remédios, e disse que “apesar de estamos em uma Missa que foi de muita alegria vimos o sentimento de uma pessoa de Deus” (se referindo a Padre Antônio Carlos que durante a Homilia chorou ao pedir união aos políticos de Salesópolis).

“No final da homilia o Padre Antônio se emocionou e saímos com a “alma lavada” e nos 28 minutos ele fez as pessoas refletirem e de todas as sessões que estive presente foi a que mais emocionei”.

“No rosto de cada pessoa víamos o amor ao Pároco e as lágrimas caíam, arrepiava a todos tudo foi diferente no Distrito desde a organização na Igreja e quero parabenizar a todos os funcionários da Câmara, as pessoas da Comunidade do Distrito Nossa Senhora dos Remédios o Padre Antônio e os moradores pela acolhida que tivemos”.

“E tenho certeza que as palavras do Padre Antônio que não foi em vão, pois tudo teve um propósito de Deus”. “Que Deus ilumine o Padre Antônio Carlos”, concluiu a vereadora Deise.

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS CÂMARA MUNICIPAL DE SALESÓPOLIS


Título de Cidadão do Padre Antônio

Vereador Lélis falou da importância do Religioso 

em nossa comunidade

O vereador Benedito Lélis Renó, PT autor do Decreto Legislativo 003/2014 que concedeu na manhã de sábado, 28 de fevereiro o Título de Cidadão ao Padre Antônio Carlos Menezes, falou da importância de se realizar a Sessão Solene de Aniversário de Salesópolis no Distrito Nossa Senhora dos Remédios.

Lélis disse que o Distrito precisa ser lembrado não somente em datas comemorativas, mas durante todos os dias para que os moradores possam estar sempre em sintonia com os políticos de Salesópolis e assim poderem reivindicar seus direitos.

O vereador disse que pela segunda vez  a Sessão Solene que marca o início das festividades de aniversário de Salesópolis que se encerra no dia 22 de março na Festa do Padroeiro São José, pode ser realizada no Distrito Nossa Senhora dos Remédios e com certeza irá entrar para a história de nosso povo.

Quando falou de Padre Antônio Carlos o vereador Lélis ressaltou os trabalhos realizados pelo Religioso junto a Comunidade do Distrito, Bragança e demais Bairros que fazem parte da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios.

Lélis ao entregar o Título se emocionou pela simplicidade que é a pessoa de Padre Antônio que está mudando a cada dia a maneira das pessoas pensarem e agirem uma com as outras, deixando de lado o egoísmo e praticando o bem ao próximo.



Prefeito Rafael pede mais união entre todos

O Prefeito Benedito Rafael da Silva, PR durante seu discurso na Igreja Nossa Senhora dos Remédios falou dos inúmeros problemas enfrentado por sua administração para poder dar o melhor para o povo de Salesópolis.

Rafael disse que para poder administrar Salesópolis precisa de mais união entre todos os políticos, para acabar com denúncias, de acionar o MP pois todas essas medidas só tendem em atrasar ainda mais o desenvolvimento de Salesópolis

À noite após a missa na Igreja Matriz de São José em Salesópolis o prefeito Rafael discursou para os presentes e pediu novamente que todos tenham paciência, pois a cidade irá melhorar e em pouco tempo todos aqueles que hoje estão contra sua administração poderão ver os benefícios que irá conseguir para nossa cidade.



Festa de São José em Salesópolis

A festa do Padroeiro São José será realizada de 14 a 22 de março, uma semana de festa com missas, quermesse e shows na Praça Padre João Menendes.

Na tarde de domingo, 1 de março os festeiros organizaram uma ação entre amigos na Sociedade São Vicente de Paulo para arrecadarem fundos para poderem iniciar os trabalhos das festividades.

Horácio do Prado, Capitão do Mastro já adiantou a nossa reportagem que mais uma vez o tradicional Leilão de Gados não irá acontecer em Salesópolis devido o alto custo para o transporte e retirada de GTA (Guia de Transporte Animal).


Vereadores serão homenageados

Os vereadores Francisco Marcelo de Morais Corrêa (Marcelo do Quico), Mário Barbosa Pinto (Mário da Padaria) e a Professora Deise Aparecida Corrêa Duque, serão condecorados com a Medalha Alferes Tiradentes na cidade de São Paulo que será realizada nos dias 5 e 6 de março.

Para que os vereadores fossem escolhidos foi realizada uma pesquisa em Salesópolis por consultas telefônicas entre os dias 5 e 28 de janeiro pelo Instituto Tiradentes.

O vereador Marcelo irá receber a Medalha de Ouro por se destacar como o vereador mais atuante na Câmara Municipal, seguidos do vereador Mário com a Medalha de Prata e a vereadora Professora Deise coma Medalha de Bronze.


Título de Cidadão

Padre Antônio Carlos é homenageado com

Título de Cidadão Salesopolense

Em um dia histórico para o Distrito Nossa Senhora dos Remédios, Padre Antônio Carlos Menezes recebeu o Título de Cidadão Salesopolense.

Foram momentos de muita emoção, dedicatórias e organização com todos os detalhes que o homenageado Padre Antônio merece.

As horas se passaram em um “piscar de olhos” e todos os presentes se sentiram presenteados com o amor e carisma de Padre Antônio.

Ao falar de sua vida Padre Antônio se emocionou ao citar seu pai já falecido e olhando para sua mãe nas primeiras fileiras não se conteve e as lágrimas “falaram mais alto”.

Por alguns momentos sua mãe Antônia ficou ali solitária em pé ouvindo o filho já condecorado falar pela primeira vez como Cidadão Salesopolense.

Sobravam emoções e ao mesmo tempo faltava palavras para expressar o sentimento de ser uma Excelência. Padre Antônio uma pessoa simples mas com um coração sem limites para ajudar o próximo.

É assim que as pessoas que convivem diariamente com o Pároco do Distrito falam com orgulho de sua educação, carisma e dedicação ao próximo.

Não foi por acaso, mas sim pela obra do Espírito Santo que durante sua homilia Padre Antônio pediu mais união, amor e respeito entre os homens de Salesópolis.

Na certeza de que alguns poucos políticos possam se espelhar no amor fraterno e na capacidade de perdoar foram que as lágrimas tomaram conta dos olhos do nosso Cidadão Salesopolense por vários momentos durante a missa e a homenagem que lhe foi concedida.

Para aqueles que não puderam estar presente nessa que foi uma das mais linda homenagens já prestada pela Câmara de Vereadores de Salesópolis fica aqui algumas frases citadas por Padre Antônio:

“Jesus foi o maior político de todo o tempo”

“Somos todos farinha do mesmo saco”

“Já encontrei Santo dentro da política e demônio dentro da Igreja”

“O Cristão trabalha pela unidade”

“Rezai pelos inimigos e por aqueles que voz persegue”

“A política é um bem comum”

“Se existem adversário político é porque as obras são más”

“O que vai transformar o mundo não é nosso comportamento e sim nossa atitude”


Exclusivo

Emoção, lágrimas, desabafo...

Padre Antônio Carlos emociona a todos em sua homilia

A emoção, lágrimas e um pedido de união marcou na manhã de sábado, 28 de fevereiro a homilia de Padre Antônio Carlos durante missa comemorativa aos 177 anos de Fundação de Salesópolis e Sessão Solene de Entrega do Título de Cidadão Salesopolense ao Pároco do Distrito Nossa Senhora dos Remédios.

Padre Antônio pediu a união de todos os políticos de Salesópolis durante sua homilia e iniciando perguntou “qual foi a última vez que os políticos de Salesópolis se reuniram para rezar”?

Disse ainda que “olha para Salesópolis com muita esperança e acredita que nossa cidade foi escolhida por Deus”.

Em uma parte mais “forte” disse que descobriu que “todos nós somos farinha do mesmo saco, não existe ninguém melhor, se precisamos descobrir e não entendermos o chamado de Deus para nos unirmos”.

“Precisamos colocar em prática os ensinamentos que Jesus nos deixou”.

“Precisamos nos unir para curar as feridas e expulsar os demônios”.

“Jesus nos ensina a rezar por nossos inimigos e aqueles que nos persegue”. “É uma palavra transformadora, e ao invés de dialogar criticamos”.

“Muitos Cristãos vivem sem fé e sem esperança e começam a falar mal”.

Padre Antônio disse que “a política é boa não é má, mas a mentalidade pode levar a política à destruição”.

“Já encontrei santo dentro da política e demônio dentro da igreja e a palavra demônio significa divisor”.

“Não deveria existir adversários políticos, a política é o bem comum e se tem adversários é porque o princípio das obras é mau”.

“Se nós não ouvirmos a voz do Senhor a desgraça estará feita”.

“Ou a gente se une ou então o caminho é de cabeça para baixo, precisamos nos unir e rezar por nossos inimigos”.

“O que irá transformar o mundo é a nossa atitude esse é o ensinamento de Jesus”.

“Talvez você não vá com a cara de fulano, mas se quer o bem de Salesópolis conversa com ele”.

“A cidade de Salesópolis e seus problemas é nosso, devemos assumir e seremos responsáveis por tudo o que acontece, porque não existe ninguém melhor que ninguém”.

“Precisamos transformar este lugar senão continuará de mal a pior se continuar criar adversário político e falar mal um dos outros e não vai resolver o problema da cidade”.

“Ressaltou que o Jornal tem participação importante, mas precisa saber o que escreve”.

Nesse momento o Padre Antônio se emocionou pediu por várias vezes chega chega... e encerrou a homilia chorando.... Muita emoção e aplausos nesse momento único já vivido por todos os presentes.

Foram vinte e oito minutos pregando a humildade, honestidade, e amor ao próximo pedindo para que os políticos de Salesópolis deixem as divergências de lado e trabalhem para o povo sofrido de nossa cidade, povo que necessita de maior atenção dos políticos.


 

O vereador Benedito Lélis Renós, no aniversário de Salesópolis saúda o povo e faz questão de lembrar-se dos grandes prefeitos que nos últimos 30 anos fizeram a história de nossa cidade.

Thiago Geraldo Rodrigues de Camargo, Masayuki Uono,

José Rodrigues Feital Filho e José Francisco Citrângulo.

Parabéns povo Salesopolense!!!

Benedito Lélis Renó - Vereador da Estância Turística de Salesópolis


PARABÉNS SALESÓPOLIS - 1838-2015 - 177 ANOS

O município de Salesópolis, outrora São José do Paraitinga é o berço do lendário e histórico Rio Tietê. Localiza-se a 96 km da Capital, na Serra do Mar, a leste da cidade de São Paulo. Tem clima ameno (18°C) e muita tranquilidade, pois preserva as características de cidade do interior. Seu território é abrangido pela Lei de Proteção aos Mananciais. Seu povo é hospitaleiro e muito religioso. A Festa de São José, padroeiro da cidade, e a Festa do Divino são dois grandes eventos que atraem o povo da região para cultuar as tradições e apreciar a culinária local.

Data de Aniversário: 28 de Fevereiro de 1838

Emancipação Político-Administrativa: 24 de Março de 1857

Mudança de denominação: 05 de Novembro de 1905

Elevação à Estância Turística: 19 de Fevereiro de 2001

Sub região leste da região Metropolitana da Grande São Paulo

Municípios Limítrofes:

Sul: São Sebastião, Bertioga, Caraguatatuba

Leste: Paraibuna

Norte: Santa Branca e Guararema

Oeste: Biritiba Mirim

Distância de São Paulo (Capital): 96 km

Altitude: Média 850m – Mínima 740m e Máxima 1. l00m na Pedra Rajada

Temperatura Média: 18°C

População: aproximadamente 18.000 habitantes

Base Territorial: 427km2

Como chegar

Principais Acessos: Rodovia Profº Alfredo Rolim de Moura (SP88); Estrada Salesópolis/Santa Branca/Jacareí (SP77) e Rodovia dos Tamoios (Ligando ao Litoral).


 


Parabéns Salesópolis!!!

Quero cumprimentar cada um dos amigos e amigas de Salesópolis.

É motivo de muita felicidade e orgulho representar o povo na Câmara Municipal e trabalhar no dia a dia por mais qualidade de vida a todos.

Mário Barbosa Pinto – Vereador da Estância Turística de Salesópolis


Salesópolis 177 Anos de Fundação

Homenagem ao Maestro Sebastião de Melo Faria

Neste dia especial para nossa cidade não poderíamos deixar de homenagear a pessoa do Maestro Sebastião de Melo Faria que foi o Emérito Cidadão Salesopolense e que nos deixou muitos ensinamentos.

“Seu Sebastião” como era carinhosamente chamado pela população de Salesópolis nasceu em 25 de abril de 1934, filho de Rosalina de Melo Faria e Pedro Pinto de Faria Filho, casou-se com Dona Viana Martins de Siqueira Faria, teve os filhos José Maria de Siqueira de Faria e Pedro Luiz de Siqueira de Faria.

Entre as muitas atividades que exercia podemos destacar o Artista e Artesão que contribuía em todas as festas religiosas de nossa cidade confeccionando as lindas bandeiras e imagens que enfeitavam os andores nas procissões.

Nós do Jornal do Povão temos mais que um dever, temos a honra de hoje poder estar aqui prestando nossas singelas homenagens ao eternamente querido SEBASTIÃO DE MELO FARIA.

Nossos agradecimentos a Dona Viana que nos cedeu às fotos de seu acervo para que pudéssemos ter a honra e privilégio de homenagear o Cidadão Salesopolense Sebastião de Melo Faria.


 

Desejo ao Município de Salesópolis toda Prosperidade e Desenvolvimento possíveis, que juntamente
com seu Povo, que é perseverante e ordeiro, consigamos vencer todos os obstáculos existentes.
Parabéns Salesópolis!  Parabéns Povo Salesopolense!

Edney Campos dos Santos - Vereador da Estância Turística de Salesópolis



Parabéns Salesópolis pelos seus 177 Anos de Fundação e

158 Anos de Emancipação Político Administrativa.

Também sou filho dessa "Terra dos encantos mil..."

Paulo César Monteiro


Hoje é dia de homenagear todo um povo que carrega em sua história belas páginas de lutas e conquistas. Parabéns a todos os Salesopolenses pelo aniversário dessa cidade encantadora.

Dunga´s Restaurante - 4696-1353


 

Que São José nosso Padroeiro cubra de bênçãos esta cidade acolhedora!

Parabéns Salesópolis pelos 177 anos de Fundação.

Paulo Arouca Sobreira - Presidente da Câmara da Estância Turística de Salesópolis


 ANIVERSÁRIO DE SALESÓPOLIS

Hoje é um dia muito especial por estarmos comemorando o 177º aniversário dessa terra maravilhosa, a qual estará no próximo dia 24 de março completando também 158 anos de sua Emancipação Político-Administrativa.

Em 1993, na busca de segurança e sossego escolhemos essa terra divina para morarmos e criarmos nossos filhos. Hoje, sou muito orgulhosa de fazer parte dessa grande família Salesopolense e muito mais orgulhosa de ser conhecida e considerada como cidadã Salesopolense.

Sou muito grata pelas amizades aqui conquistadas e principalmente pela paz, tranquilidade e segurança oferecida por esta cidade maravilhosa, fatores que foram essenciais e fundamentais para boa criação de nossos filhos e fortificação de nosso alicerce familiar.

Peço a Deus que proporcione muita sabedoria a todos que de forma direta ou indireta administram, fiscalizam e conduzem essa cidade, para que possamos fazer o melhor para o bem não apenas de alguns mais de todos os cidadãos Salesopolenses e nunca se esquecendo de preservar e manutenção de nossas riquezas naturais.

Sendo assim, desejo um feliz aniversário a todos os munícipes salesopolenses e lembra-los que juntos somos fortes e imbatíveis.

Cláudia de Paula - Vereadora da Estância Turística de Salesópolis


Salesópolis 177 anos de trabalho, desenvolvimento, progresso e importantes conquistas. Tenho orgulho de fazer parte desta história.

Paulo Roberto de Faria – Administrador do Distrito Nossa Senhora dos Remédios


Hoje é dia de homenagear um povo que carrega em sua história belas páginas de lutas e conquistas.

Parabéns a todos os Salesopolenses pelo aniversário dessa cidade linda e encantadora.

Vanderlon de Oliveira Gomes – Vice-Prefeito da Estância Turística de Salesópolis


Educação

A convite do Dep. Gondim, presidente da EMTU, estará em Mogi

para falar sobre a Lei do Passe Livre Estudantil

O evento será dia 12 no auditório da Universidade de Mogi das Cruzes 

O deputado Luiz Carlos Gondim  (Solidariedade) promoverá no próximo dia 12 de março, às 19:00, um seminário sobre o Passe Livre Estudantil, no auditório da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), evento que conta com o apoio da União de Jovens Socialistas (UJS) e Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

O projeto do Governo do Estado, que se tornou lei estadual nº 15.692, foi aprovado em fevereiro pelos deputados estaduais, e sancionado no último dia 19 pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). A medida vai beneficiar todos os estudantes do Ensino Fundamental, Médio e Superior que utilizam as linhas da Companhia Paulista de Transportes Metropolitanos (CPTM), EMTU e Metrô.

“O Passe Livre é uma grande conquista para os estudantes e um estímulo para a educação. Trata-se de projeto muito importante, que representa uma reivindicação antiga dos alunos, principalmente daqueles com menor poder aquisitivo, que enfrentam dificuldades para arcar com os custos do transporte para frequentar as aulas”, comenta o deputado. Ele lembra ainda que vem lutando para conseguir o benefício desde quando iniciou a sua carreira política como vereador há mais de 20 anos.

A palestra será ministrada pelo diretor presidente da EMTU, Joaquim Lopes da Silva Júnior. O objetivo do evento, segundo Gondim, é o de divulgar a nova lei e repassar informações detalhadas sobre o assunto aos alunos, dirigentes de escolas e profissionais envolvidos com a área de educação em Mogi das Cruzes e região do Alto Tietê.

A nova legislação deverá atender 615 mil estudantes. A medida do Governo do Estado incentiva o acesso ao transporte público na Capital e nas quatro regiões metropolitanas de São Paulo (São Paulo, Baixada Santista, Campinas e Vale do Paraíba/Litoral Norte). No caso das linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU/SP, estima-se que 118 mil estudantes serão beneficiados, sendo 101 mil na Grande São Paulo, 7 mil na Baixada Santista, 5 mil na Região Metropolitana de Campinas e 5 mil no Vale do Paraíba / Litoral Norte.

O benefício será concedido aos estudantes do ensino fundamental e médio da rede pública; de curso de ensino superior da rede pública e privada e dos cursos públicos e privados técnicos, tecnológicos e profissionalizantes que comprovem renda familiar per capita até 1,5 salário mínimo nacional; bolsistas do Prouni (Programa Universidade para Todos); financiados pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil); integrantes do Programa Bolsa Universidade (Programa Escola da Família); e atendidos por programas governamentais de cotas sociais.

Para conseguir o passe livre estudantil também será necessária uma autorização, mediante cadastro, enviada pela instituição de ensino, além da declaração de comprovação de renda do aluno. Por mês, os estudantes beneficiados terão direito a 48 viagens gratuitas, não cumulativas, ou seja, deve ser usado dentro do próprio mês de concessão. No Metrô e na CPTM, os estudantes têm acesso a transferência entre as linhas gratuitamente.

A medida já está em vigor nos trens do Metrô e da CPTM e em 30 dias, contados a partir da resolução, para os ônibus da EMTU. O prazo maior para concessão do passe livre estudantil nos ônibus intermunicipais é necessário para que sejam criados os mecanismos tecnológicos para operar o sistema nas quatro regiões metropolitanas de São Paulo.

No sistema metroferroviário o benefício da gratuidade será operado pelo Sistema de Cartão Bilhete Único, expedido pela SPTrans. Para obter o benefício na EMTU, o estudante deve procurar sua instituição de ensino para fazer o cadastro e solicitar o cartão que dará direito ao passe livre.

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS EDUCAÇÃO


Últimas Notícias da Crise Hídrica

DAEE publicou portaria que abre inscrições para o Ato

Declaratório aos agricultores do Alto Tietê

O deputado estadual André do Prado, PR recebeu com satisfação a notícia de que foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo (DOE), a portaria assinada pelo responsável pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE, Ricardo Borsari, que reabre o período de cadastramento dos usuários rurais de água junto ao sistema eletrônico de Ato Declaratório.

“Não tenho dúvidas de que essa é mais uma importante conquista para os nossos agricultores dentro dessa nossa luta junto ao Governo do Estado de São Paulo pelo não lacramento das bombas utilizadas por eles na irrigação da produção.”, comenta André do Prado.

André do Prado, juntamente com os agricultores, representantes dos sindicatos rurais, vereadores, entre eles: Sadao Sakai, de Mogi das Cruzes, e dos prefeitos Carlos Alberto Tainho Júnior, PSDB, o Inho, de Biritiba Mirim, e Benedito Rafael da Silva, PR de Salesópolis, criou uma espécie de comitê para apresentar para as autoridades do Poder Executivo Estadual os dados técnicos que comprovam que a utilização da água pela agricultura não torna mais crítica a crise hídrica que assola a região metropolitana de São Paulo e os municípios localizados no Alto Tietê.

Segundo a portaria publicada pelo DAEE, os agricultores precisam se cadastrar do site do Ato Declaratório, cujo endereço é: www.atodeclaratorio.daee.sp.gov.br, até o prazo máximo de 30 de junho de 2017. Outros temas importantes abordados no documento dizem respeito ao objetivo dessa dilação de tempo: a necessidade que o órgão público tem em saber a quantidade de agricultores existentes na região e a quantidade de água que é utilizada na irrigação das plantações.

“Entendemos que a crise hídrica merece a especial atenção de todos. No entanto, é preciso que o Governo analise quais são os setores que precisam mudar os hábitos com relação ao consumo consciente de água. Os agricultores utilizam apenas 3,5% de água para a irrigação das plantações, logo: não merecem ser penalizados. Não podemos nos esquecer de que os alimentos produzidos no Alto Tietê saciam a fome de mais de 20 milhões de pessoas. O homem do campo sofre com as intempéries e não pode ser culpado pela falta de chuvas”, conclui André do Prado.

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS CRISE HÍDRICA


Crise Hídrica 

Deputado André do Prado e prefeitos se mobilizam e Estado

garante que voltará a liberar água a produtores rurais

O Governo do Estado de São Paulo deve publicar em breve uma portaria que autorizará a reabertura de prazo para que os agricultores possam pedir o Ato Declaratório, que autoriza os produtores rurais a utilizarem a água para irrigação. A informação é do deputado estadual André do Prado, PR que, juntamente com os prefeitos de Biritiba Mirim, Carlos Alberto Taino Júnio, PSDB, Inho, e o de Salesópolis, Benedito Rafael da Silva, PR tem lutado incansavelmente para que os argumentos dos produtores sejam ouvidos pelas autoridades estaduais.

Numa das reuniões, realizada recentemente com o presidente do DAEE – Departamento de Água e Energia Elétrica, Ricardo Borsari, ficou ajustado que ele agendaria uma reunião com os agricultores em Mogi das Cruzes, o que aconteceu ontem, dia 24 de fevereiro. Durante seu discurso, Borsari afirmou que o ato declaratório é um cadastro do produtor em que ele apresenta a sua necessidade de outorga e, portanto, demonstra a sua precisão no uso da água.

O deputado André do Prado acompanhou de perto todas as ações que culminaram na decisão do DAEE. Travou uma batalha para que os agricultores da região do Alto Tietê não sejam prejudicados. Além disso, o parlamentar justificou que a principal atividade econômica dessa região é a agricultura, onde gera aproximadamente 80 mil empregos (diretos e indiretos).

Agora, o parlamentar vai interceder para que os esclarecimentos necessários sejam repassados aos principais interessados, os agricultores de toda a região do Alto Tietê. “Os produtores precisam saber os trâmites que serão realizados pelo Estado, afinal terão que cumprir as exigências para o credenciamento junto ao órgão”, afirmou André Prado. 

André do Prado disse que, conforme assegurou Ricardo Borsari, os integrantes do DAEE não pretendem prejudicar os agricultores, apenas, num primeiro momento, mapear o consumo deles. “Essa reunião dos representantes do Poder Executivo demonstra que as informações que apresentamos a eles estão sendo analisadas criteriosamente. O Ricardo Borsari, está seguindo aquilo que conversamos durante a agenda que tivemos na sede do DAEE, após com o secretário de Recursos Hídricos, Benedito Braga. Continuo acompanhando pessoalmente essa questão”, conclui.

Entendemos que o momento é de cooperação de todos os paulistas para que não falte água para o consumo humano. No entanto, a quantidade utilizada de água pela agricultura é ínfima perto dos prejuízos que serão ocasionados socialmente e economicamente. Estamos trabalhando por soluções amplamente possíveis de serem realizadas nessa luta a favor dos produtores”, comenta André do Prado.


Prefeitura assina convênio com a Associação Caminhando Juntos

Presidente da Associação Caminhando Juntos José Gastão Cursino dos Santos, Secretária de Assistência Social Monike Cáfaro Arouca Sobreira e o Prefeito Benedito Rafael da Silva, PR

Realizou-se na manhã de terça-feira, 24 no Gabinete do Prefeito Benedito Rafael da Silva, PR a assinatura do convênio entre a Prefeitura Municipal da Estância Turística de Salesópolis e a Associação Caminhando Juntos.

O Presidente da Associação Caminhando Juntos, José Gastão Cursino dos Santos disse que “é muito importante a assinatura desse convênio para o desenvolvimento de projetos assistenciais em Salesópolis visando uma melhoria na qualidade de vida das pessoas atendidas”.

“Sem esse convênio dificilmente a entidade conseguiria desenvolver os projetos e por isso é importante uma parceria com a Prefeitura e Secretaria de Assistência Social”.

“Hoje temos nosso núcleo no Bairro do Fartura e futuramente teremos um polo em cada Bairro para estarmos desenvolvendo em todo o município nossos trabalhos, inclusive na área rural e também no Distrito Nossa Senhora dos Remédios”.

“Pedimos a colaboração da população ajudando a entidade com a Nota Fiscal Paulista e ao realizar suas compras colocarem as notas fiscais nas caixinhas que estão nos estabelecimentos comerciais da Estância Turística de Salesópolis”, concluiu José Gastão.

O prefeito Benedito Rafael da Silva, PR ressaltou a importância desse convênio dizendo que “é um dos projetos mais importantes para Salesópolis visto que a finalidade e a entidade Caminhando Juntos é formidável, um projeto sério e uma política que apresenta resultados”.

“É uma verba representativa que será repassada para manter a entidade, um trabalho realizado principalmente no Bairro do Fartura que era um Bairro que tinha problemas, e hoje evoluiu muito, a cidade está feliz, o povo está feliz e principalmente as crianças estão felizes, participando dos projetos ou seja uma integração das famílias

“Para o administrador que sabe usar o dinheiro púbico essa é uma verba que está sendo muito bem aproveitada, com mais de R$ 200 mil repassados para a entidade com muito prazer e sabemos que no futuro o ganho será para a sociedade, famílias e o ganho para a cidade serão muito importantes”.

“Parabenizo a todos que estão envolvidos nesse projeto que estava anteriormente no CEP que era órgão público e repassamos para a Associação Caminhando Juntos que foi um salto na qualidade no aproveitamento do dinheiro, com projetos de qualidade e para nós é motivo de muita satisfação estarmos no segundo ano e com certeza irá evoluir muito mais e quem ganha é a população principalmente os jovens de Salesópolis”, concluiu o prefeito Rafael.


Dinheiro do Carnaval

Prefeitura irá repassar R$ 20 mil para a Santa Casa

O prefeito Benedito Rafael da Silva, PR pediu mais uma vez para que “os vereadores parem de surfar e coloquem os pés no chão e aprendam ter respeito com as “coisas” públicas e com as pessoas de Salesópolis”.

“O carnaval na ótica da Polícia Militar foi o melhor da região e estão levando o modelo de nossa cidade “o modelo da pacata Salesópolis serve de exemplo para outras cidades” de como se faz um carnaval ordeiro e não curral e sim para as pessoas terem segurança para entrar, com polícia, seguranças, e contribuição e não taxa, para pagar despesas de um município pobre”.

“Se deu prejuízo foi porque os vereadores boicotaram o carnaval ao invés de incentivar, pois somos uma Estância Turística precisamos realizar eventos, são vereadores que envergonham a Câmara Municipal com postura ridícula de só querer atacar o prefeito”.

“Eles não estão atacando a minha pessoa e sim desrespeitando a sua cidade, e durante o período do carnaval não tivemos nenhuma ocorrência grave e eu não admito que falem mal de Salesópolis”.

“Iremos pagar o essencial da despesas do carnaval e repassaremos R$ 20 Mil para a Santa Casa de Misericórdia, para o setor de Urgência e Emergência que parem de atacar o prefeito pois é vergonhoso para nossa cidade”, disse o prefeito Rafael.



topo